quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

VEC 3 X 3 São Luiz

Éber autor de dois gols
O Veranópolis e São Luiz fizeram uma grande partida na noite desta quarta-feira, no Estádio Antônio David Farina pelo primeiro turno do Gauchão 2011. A partida teve seis gols e terminou empatada em 3 a 3.
O primeiro gol do jogo foi marcado por Júlio Maranhão, aos sete minutos do primeiro tempo. Sharlei empatou aos 18. Ainda no primeiro tempo, o São Luiz virou o jogo com dois gols ainda no primeiro tempo. Glauber marcou aos 22 e Jean Paulo aos 38. Mas o Veranópolis chegou ao empate com Éber, aos 13 e aos 16 minutos da segunda etapa.
Com o resultado, o Veranópolis chega a sete pontos ganhos, na segunda posição do Grupo 2. O São Luiz é o sexto do Grupo 1, com quatro.
Sananduva o destaque do jogo
Ao final do jogo o técnico Edinho assumia a culpa pelo mau resultado da primeira etapa. Edinho disse que o esquema adotado para a primeira parte do jogo não funcionou, e por isso alterou o 4-4-2 pelo 3-5-2 , esquema que deu resultado e fez com que o VEC empatasse o jogo, e por pouco não conseguiu a vitória. O craque do jogo da 96,1 FM - NZ Esporte, e que recebeu o troféu Relojoaria Central foi o zagueiro Sananduva. O ponto negativo do jogo foi a péssima atuação do arbitro Rogério Gonçalves.

O VEC anunciou a contratação do jogador Carlos Alberto:
Carlos Alberto Pereira Silveira é gaúcho e tem 28 anos. O jogador começou a carreira no Farroupilha, mas ganhou projeção nacional quando atuava no Botafogo, no biênio 2001 e 2002. Após sair do Fogão, o volante se transferiu para o São Paulo, onde ficou por uma temporada. De volta à Estrela Solitária em 2004, o jogador ficou apenas um ano e depois passou por Paysandu, Brasiliense e Germinal Beerschot, da Bélgica.e outras equipes do Brasil.



Notas do jogo Veranópolis X São Luiz.

VEC
Luiz Muller – 6
Fininho – 6
Anderson Bill – 6
Sananduva – 8
Rodrigo Ninja – 6
Neto – 5
Alê – 5
Jean Michel – 4 - (Naves – 5) – no intervalo
Marcos Paraná – 6 - (Raylan – 4) – aos 25 da segunda etapa
Éber – 8 – dois gols (Gilson - 4) – aos 28 da segunda etapa
Julio Maranhão – 7 - um gol

Técnico Edinho pela mudança feita no segundo tempo, e pela coragem em admitir que errou no esquema do jogo na primeira etapa nota 8.

São Luiz
Vanderlei – 7
Danilo – 5
André Luiz – 6
Glauber – 6 - Gol
Dário – 5
Neguetti – 6
Baiano – 6 – (Alexandre – 5) – aos 20 do segundo tempo)
João Paulo – 8 - Gol
Fábio Pinto – 7
Anderson Oliveira – 7 – (Facin – 5) – 25 do segundo tempo
Charlei – 7 – Gol – (Nicolas – 6) – aos 31 do segundo tempo

Técnico Beto Campos do São Luiz – nota 7

Arbitragem:
Rogério Gonçalves – nota 3