terça-feira, 24 de julho de 2012

Sábado tem ANP X SÃO JOSÉ no Mário Cini em Nova Prata


Juventude não chega a um acordo com Argel Fucks e Paulo Porto seria o nome da vez


Favorito para assumir o comando do Juventude, Argel não chegou a um acordo com a direção do Juventude. A negociação com o técnico foi encerrada na noite de terça-feira, após uma reunião com o presidente Raimundo Demore, em Esteio. O principal empecilho foi o tempo de contrato. Argel gostaria de um projeto mais longo à frente do clube. No entanto, como o Juventude está na Série D do Brasileiro, ainda não há um calendário definido para o ano que vem. 

— O namoro fica para a próxima —disse Argel, por telefone, deixando aberta a possibilidade de retornar a Caxias do Sul em breve. 

Demitido do Figueirense no final de semana após uma campanha ruim, Argel teria até aceitado uma redução salarial considerável para assumir o Juventude. No Figueirense, o treinador recebia em torno de R$ 150 mil. Inicialmente, teria pedido cerca de R$ 70 mil mensais para vir ao Alfredo Jaconi. Sem Argel, os dirigentes do Juventude voltam à mesa de negociações em busca de um plano B. Em princípio, a efetivação de Carlos Moraes, que assumiu o time interinamente está descartada. 

O nome da vez seria Paulo Porto, eleito o melhor técnico do Gauchão, quando conduziu o Caxias ao título do primeiro turno da competição. Atualmente, ele descansa em Taquari, enquanto avalia outras propostas. 

— Vi alguma coisa da internet que meu nome é um dos citados, mas não recebi nenhuma proposta. Tenho interesse por tudo o que o Juventude representa, pela estrutura que tem, por ser um clube de tradição. É uma situação que depende da direção — declarou Porto.
Fonte: Pioneiro