sexta-feira, 15 de junho de 2012

Gauchão 2013: Federação Gaúcha estuda adiar estreias de Inter e Grêmio


Partiu do Inter, mas pode beneficiar também o Grêmio. A Federação Gaúcha de Futebol (FGF) estuda aumentar o tempo de pré-temporada dos clubes para o Gauchão em 2013. Após o pedido colorado, o presidente Francisco Novelletto espera a confirmação do calendário do próximo ano para tentar remanejar as datas. A pretensão foi revelada pelo vice de futebol do Inter, Luciano Davi, na tarde desta sexta-feira. O dirigente afirmou que o clube solicitou atraso de 15 dias no começo do Gauchão para a dupla Gre-Nal. Assim, a pré-temporada não ficaria tão curta — em 2012, foi de 6 de janeiro até dia 18, quando o Inter estreou.


— O Inter entrou em contato na época das finais do Gauchão. Vamos estudar a possibilidade. Estou esperando o calendário da CBF. Acho que não teria problema, e se não houver datas, faríamos jogos quarta, sexta e domingo. Inter e Grêmio têm 40 jogadores no plantel, não seria problema para eles — relatou Novelletto.

A fórmula do Estadual, que agrada ao Inter, não foi contestada. Apenas foi reivindicado que os maiores clubes do Rio Grande do Sul entrem com duas ou três rodadas de atraso para que a pré-temporada tenha entre 20 e 30 dias. As lesões musculares foram problemas crônicos no ano tanto para o Inter quanto para o Grêmio. Novelletto projeta que possa atender o pedido e atrasar a entrada dos clubes em até sete dias, não mais que isso. Ainda assim, se mostrou inclinado para conceder o privilégio aos clubes.
Fonte: Clicrbs

Inter aposta em parceria com clube chinês para dobrar faturamento e bancar futebol sem vender jogadores


O Inter prepara as malas para mudar-se para o outro lado do mundo. Literalmente. Lá na China, trocaria até o nome: Brasil Internacional Clube, como os chineses já estão chamando o clube gaúcho. Dentro do plano de expansão mundial do clube, a direção sonha em ter um Inter no campeonato chinês a partir de 2013. Com o nome, o escudo, o uniforme vermelho da Nike, e até algum patrocinador com poderio internacional, como a Tramontina — já parceira do clube e com negócios no país. O projeto será colocado em execução nos próximos meses. Os homens do marketing, Jorge Avancini e Adauri Silveira, são os responsáveis pela iniciativa que, se der resultado, pode dobrar o faturamento em uma temporada — lucro que, hoje, é de R$ 41 milhões ao ano.
— Queremos ter um Inter na primeira divisão da China. A Nike é a patrocinadora da Liga e já nos abriu as portas para investir — afirma Jorge Avancini.
A nova rica China permite que seus clubes joguem com outras camisas, como franquias. O plano é que os times que firmarem parcerias com os estrangeiros sejam conhecidos pelo nome da cidade onde estão e do novo clube. Por exemplo: o Beijing Guoan, de Pequim, passaria a chamar-se Inter Beijing. E utilizaria a camisa da equipe gaúcha. Na prática, o Inter precisaria ceder marca e material esportivo — o que seria bancado pela Nike —, e lucraria com a venda de seus artigos. Além disso, o clube enviaria médicos e fisioterapeutas ao país asiático.
— Se tivermos sucesso no mercado chinês, já poderemos bancar todo o futebol do clube em Porto Alegre, sem vender nossos jogadores — aposta Jorge Avancini.
Ao que tudo indica, o vermelho do Inter casará bem com o vermelho da bandeira chinesa.
Fonte: Clicrbs

Lucas Loko trocou a ANP pelo Aimoré

O Aimoré anunciou nesta quarta-feira 13/06, a contratação do atacante Lucas Silva que estava no Ypiranga de Erechim. Lucas já havia dado o sim a Associação Nova Prata, mas a força financeira falou mais alto e o jogador acabou fechando com o Aimoré. A ANP já está buscando outro atacante. Lucas no início da carreira teve passagem pelo futebol português, é mais um reforço que chega para montagem da equipe que irá disputar a Segunda Divisão de Profissionais.

Lajeadense não irá jogar a Copa FGF


Alto custo, baixo retorno. Esta é a relação antagônica que definiu pela desistência do Clube Esportivo Lajeadense de participar da Copa RS no segundo semestre deste ano. Em reunião ocorrida na noite desta quarta, dia 13, a diretoria do clube decidiu, por unanimidade, pela retirada do alviazul desta disputa. Assim, o Lajeadense ganha mais tempo e recursos para que, em 2013, tenha uma participação mais consistente e com mais recursos no Campeonato Gaúcho. Aliado a isso, a diretoria espera pela confirmação oficial da participação do alviazul na Copa do Brasil do próximo ano, em virtude do vice-campeonato da Copa RS em 2011. Segundo o presidente Mário Dutra, o clube iniciará o planejamento e preparativos para as competições do próximo ano já em outubro. Desta forma, abre-se mais espaço para uma pré-temporada sem atropelos e com a base de time já formada. Até lá, o clube mantém atividades nas categorias de base, onde o Lajeadense estará representado na Taça BH, em parceria com o clube mineiro Pedro Leopoldo, assim como já ocorrera no ano passado. 

Fonte: Blog Peleia