segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Fagundes Varela: Botafogo perdeu e foi eliminado pelo o Juventude.


Com muita chuva a equipe sub 17 do Botafogo foi eliminada pelo Juventude no último sábado em Caxias do Sul.
Após ter tirado a invencibilidade do Juventude no primeiro jogo em Fagundes,  a equipe da estrela solitária jogava pelo resultado no tempo normal, mas não conseguiu aguentar a pressão do Juventude, sendo derrotado pelo placar de 5x1.

Com o resultado, a partida foi para a prorrogação, onde o Juventude jogava pelo empate. No tempo de acréscimo  não podia ser diferente, as duas equipes jogaram de igual pra igual até os últimos segundos o jogo. Foi no final, quando o jogo estava empatado em 2x2 que o Botafogo buscou o resultado, foi para o tudo ou nada e acabou tomando o terceiro gol em uma jogada de contra ataque.  
Ao término da partida todos atletas e comissão técnica do Botafogo foram aplaudidos pelos seus torcedores e torcedores também do Juventude pela entrega até o final.
Agora a equipe sub 17 já planeja a disputa do estadual sub 17 para o ano que vem.

Paraí: Palmeirinha é o campeão do Municipal de Futebol de Paraí


Time sai atrás no placar, busca a virada e levanta a taça

O tempo fechado, com chuva, frio e campo molhado dava indícios que seria difícil ver um bom jogo de futebol no sábado (4). Mas quando River e Palmeirinha, finalistas do 23º Campeonato Municipal de Futebol, entraram no Campo Municipal as expectativas foram rapidamente superadas.


A partida começou movimentada, com o River comandando as ações de ataque e pressionando o Palmeirinha. Não demorou para a primeira chance aparecer, logo aos quatro minutos. Em uma cobrança de escanteio Edilson recebe a bola e cabeceia, a bola passa perto da trave mas vai pra fora. 


Pouco depois foi a vez de Trave desperdiçara uma oportunidade, em bola lançada, o camisa 10 do River entrou pelo lado direito da defesa adversária, enquadrou o corpo e chutou para o gol, tirando o goleiro da jogada. A bola passou na frente da goleira, assustando a defesa do Palmeirinha.
Com o campo molhado, o toque de bola era dificultado, então as equipes investiam mais em lançamentos longos e chutes de fora área. E foi em um lançamento que o placar foi aberto. Mais uma vez, Trave recebeu a bola que veio da defesa, venceu o zagueiro e chutou cruzado, desta vez de forma precisa e sem chances para o goleiro.
Nos primeiros minutos após abrir o placar, o River tentou manter o ritmo de jogo, mas acabou recuando o time e cedendo para os adversários. Não demorou para o Palmeirinha ameaçar. Lucio recebeu dentro da área e chutou, obrigando o goleiro Ivan a fazer grande defesa.


O River ainda tentou retomar a pressão aos 30 minutos, mas logo tomou outro susto. Marcão recebeu o cruzamento dentro da área, e mais uma vez Ivan foi providencial para evitar o gol de empate. O Palmeirinha avançava principalmente pelo lado direito e conseguiu dominar a partida nos minutos finais.

Virada nos últimos 15 minutos

Se no primeiro tempo o River começou dominando o jogo, o segundo tempo começou com o Palmeirinha dominando as ações de jogo. Apesar de ter mais posse bola, o Palmeirinha só criou a primeira chance de gol aos 19 minutos, com Marcão aproveitando o escanteio. O Palmeirinha seguia pressionando, e arriscando muitos chutes de fora da para aproveitar as dificuldades criadas pela bola molhada.
O lance mais incrível da partida acontece aos 24 minutos, quando Marciano recebe um lançamento dentro da área do River e chuta forte. Ivan defende mas rebate para dentro da pequena área. O rebote criou uma confusão na pequena área, com Ivan crescendo no lance e defendendo dois chutes a queima roupa em sequência.
Apesar da grande atuação de Ivan, o Palmeirinha não se assustou e seguiu desperdiçando chances de gol. Aos 29 minutos Marciano recebeu um cruzamento dentro da área, com Ivan já fora do lance. Ele cabeceou com força, mas para a bola passou por cima do gol. 
Seguindo o que diz o ditado, de tanto insistir o ataque do Palmeirinha conseguiu furar a defesa do River aos 33 minutos com Marcão. O cruzamento vindo do lado direito de ataque encontrou Marcão dentro da área. O jogador cabeceou sem chances para Ivan e empatou a partida.
Gol que deu ânimo extra para o time, que três minutos depois virou a partida. De fora da área Marciano chutou, a bola saiu sem força e parecia ser de fácil defesa para Ivan. Mas um providencial desvio no meio do caminho fez ela subir e encobrir o arqueiro do River.
Após sofrer a virada o River se jogou com tudo para o ataque e o Palmeirinha buscava segurar a vantagem recém conquistada. Os últimos nove minutos de jogo foram marcados por cruzamentos na área do Palmeirinha com a defesa afastando todas as bolas.
Para o desespero do banco de reservas do Palmeirinha, o juiz deu cinco minutos de acréscimos. 
A partida seguiu emocionante até o fim, com River buscando a todo custo o empate e os jogadores do Palmeirinha pedindo o fim do jogo. O time soube segurar a vantagem, e no apito final o banco e a comissão técnica invadiram o campo para comemorar o título. Volta olímpica no Campo Municipal e taça para o time da comunidade da Palmeirinha.

Premiação Final
Atleta Destaque – Anderson Lima (Palmeirinha)
Goleiro Menos Vazado – Ivan Bordgnon (River – sofreu 9 gols)
Goleador – Trave (River – 10 gols marcados)

Vila Flores: Jogos movimentam o final de semana vilaflorense

A bola rolou em diversas disputas durante o final de semana, em Vila Flores. No sábado, o Campeonato Municipal de Futebol Sete 2017 teve rodada na Comunidade de São Lourenço. Os confrontos tiveram os seguintes resultados: Amigos S. Caetano 2 X 0 Vila Nova, Faixa Azul 5 X 1 Galácticos, Juventude 1 X 1 União e Ipiranga 0 X 2 É Nóis/Simonetto. 
No sábado, dia 11, ocorrem as semifinais da categoria livre e o jogo da categoria veteranos, entre São Caetano X Bar Zugno. As partidas serão a partir das 15h, na Linha Aimoré.

Também no sábado, foi realizada a última rodada de classificação da Copa Vale das Antas, no Ginásio de Esportes vilaflorense. O Jogando para o Futuro disputou com o DMD, de Farroupilha, nas categorias Sub 11, Sub 13 e Sub 15. Os resultados foram positivos para o time da casa na Sub 13 - 8 x 3 e Sub 15 - 11 x 02. Apenas na Sub 11, com o placar de 4 x 5, os visitantes garantiram a vitória.

No domingo, dia 5, houve a segunda rodada do Campeonato Municipal de Futsal Feminino e Sub 9. As partidas foram: C.G. Academia 3 X 2 São Lourenço, Lelo e Tita Bool/Plan. 5 X 3 JF (Sub 9), União 0 X 2 Faixa Azul e U. F. C 0 X 4 Caravággio.

A terceira rodada será disputada sábado, dia 11, a partir das 18h, no Ginásio de Esportes. Os confrontos serão entre: São Lourenço X U.F.C., JF X JF, Faixa Azul X Caravággio, Proj. Super Ação X SER Amigos e União X C.G. Academia.
A realização é da Prefeitura de Vila Flores, através da Coordenação de Esportes e Secretaria da Educação e Cultura.

Veranópolis: Chegaram os novos produtos do VEC na NZ Esportes. Confira


Atenção torcedor Pentacolor, chegaram na NZ Esportes os novos produtos do VEC, e você poderá presentear os amigos, familiares e aquela pessoa especial com almofadas, porta chuteiras, necessaires, porta latas térmico, porta chimarrão, mochilas e estojos. 
O novo material do Timaço do Peito esta disponível na Marechal Deodoro, endereço tradicional da loja de artigos esportivos de Veranópolis. Aproveite é compre agora para presentear no natal que esta chegando. Vá até a NZ Esporte e confira.

Veranópolis: Matheus Lagoa retorna ao VEC para o gauchão de 2018


Mais um jogador criado no VEC volta para a temporada 2018, Matheus Vinícius da Silva, o Matheus Lagoa, foi anunciado pelo Pentacolor na segunda feira. Matheus vem para ajudar o time da Terra da Longevidade a buscar seus objetivos. Em 2017 no São Luiz, Matheus Lagoa ajudou a subir o time para o gauchão, e também disputou pelo Aimoré a copa do segundo semestre. Isso fez com que o jovem jogador acumulasse mais experiência, que agora poderá servir o Pentacolor.


NOME: Matheus Vinícius da Silva
DATA DE NASCIMENTO: 1996/03/13
PAÍS DE NASCIMENTO: Brasil
NATURALIDADE: Lagoa Vermelha (RS)
POSIÇÃO: Atacante
CLUBE: VEC




A nota sobre o anúncio da contratação do VEC


"O clube está nos preparativos finais para o início das atividades oficiais da temporada 2017/2018. E esta semana inicia com a contratação do jogador Matheus Vinícius da Silva (Matheus Lagoa). O atacante tem 21 anos e é natural de Lagoa Vermelha. O gaúcho teve passagens pelo VEC, se destacou e por isso foi para o Grêmio em 2016. 
O atleta jogou no VEC em 2017 e depois disso foi por empréstimo para a equipe E.C. São Luiz, onde se consagrou Campeão da Divisão de Acesso. Posteriormente, disputou a Copa Paulo Sant’ana pelo clube Aimoré em que se tornou Vice-Campeão. Matheus Lagoa, com a experiência adquirida, espera contribuir para uma boa campanha do Veranópolis Esporte Clube no Gauchão 2018".