sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

VEC X Juventude é clássico imperdível. A 96,1 FM transmite para você

O Veranópolis Esporte Clube finalizou na sexta feira sua preparação para o enfrentamento contra o Juventude neste sábado. Logo após o almoço o grupo Pentacolor foi para Nova Prata onde fica concentrado para o clássico da serra. Julinho Camargo pensou o time para este jogo, e deve repetir a mesma equipe que atuou contra o Internacional. O jogo é muito difícil na opinião do técnico que espera um Juventude que buscará o resultado positivo todo tempo, pois o time caxiense vem em uma situação complicada na competição é somente o resultado positivo interessa. No lado do VEC o resultado positivo significa a segunda colocação na chave, e na geral, e de agora em diante todos os jogos são muito importantes para alcaçar a classificação e a briga pelo título do interior. O jogo é neste sábado às 17:oo horas no ADF, e para este confronto a direção baixou o preço dos ingressos, o masculino custará R$ 20,00, o feminino, estudantes e idosos pagarão R$ 10,00. A 96,1 FM transmite o jogo, à partir das 15:00 tem pré jornada e logo após jornada esportiva.

Juventude: Faltando cinco jogos, goleiro Fernando prefere evitar projeções


Na véspera do jogo contra o Veranópolis, marcado para as 17h deste sábado, em Veranópolis, um dos mais experientes do time titular do Juventude, o goleiro Fernando, falou sobre o atual momento do time. O dono da camisa 1 destacou que, embora a direção já trabalhe com uma projeção de quatro vitórias nos últimos cinco jogos para garantir a classificação, não é hora para o grupo de jogadores de se preocupar com a matemática:

— A direção está certa em fazer projeções, mas para nós não é hora de fazer cálculos. Não adianta pensar lá no final, nesse momento temos que focar no Veranópolis e em fazer o que o Roger nos pede para ir lá e conseguir um bom resultado.

E qual seria esse bom resultado? Embora a vitória seja o resultado que aproxime, de fato, o time da zona de classificação, Fernando sabe que o empate ainda mantém o Juventude com chances e não pode ser desprezado. Principalmente, em uma partida diante de um adversário que mostra qualidade a cada jogo e cujo treinador costuma complicar as coisas para o alviverde.

— O Julinho é um treinador inteligente, que tem nos dado trabalho ao longo dos anos. Eles vêm pra cima da gente pra buscar os três pontos, mas na situação em que estamos não podemos pensar muito em nos defender. Temos que nos precaver, mas acima disso, ganhar — considera Fernando. 

Na tarde desta sexta-feira, o técnico Roger Machado comandou treino fechado no Estádio Alfredo Jaconi. Sem Leandro Melo e Jardel, suspensos, além de Diogo Oliveira e Julinho, machucados, a escalação para sábado deve ter: Fernando, Juliano, Rafael Pereira, Diogo e Reinaldo; Mika, Vacaria, Yann e Rogerinho; Douglas e Zulu.

Fonte: Clicrbs

Novo clube do goleiro Bruno tem uniforme idêntico ao do Grêmio

O Montes Claros F.C assinou contrato com o goleiro Bruno, condenado pelo sequestro e morte de Elisa Samudio. A negociação foi fechada na tarde desta sexta-feira (28). O ex-goleiro do Flamengo está preso desde 2010 e segundo seu advogado, Francisco Simin, ele ficou muito feliz com a possibilidades de retornar aos gramados. Bruno foi avaliado e atestado em boas condições para retornar ao futebol. O desafio será organizar a vida do jogador para que ele possa fazer o pedido de progressão de regime para o semi-aberto. Assim, os jogos devem ser marcados durante o dia para que o goleiro possa dormir na cadeia.
Uniforme idêntico ao do Grêmio
A curiosidade fica por conta do uniforme utilizado pelo Montes Claros, time da segunda divisão do futebol mineiro. Os fardamentos são idênticos aos utilizados pelo Grêmio, de Porto Alegre. No site Montes Claros, uma página dedicada ao histórico clube confirma a ligação com o tricolor gaúcho. "O Montes Claros FC foi fundado em 1992. 
Seu escudo e uniformes foram fortemente inspirados no Grêmio de Porto Alegre", diz o texto. Bruno irá receber um salário de R$ 1.430 e terá multa rescisória no valor de R$ 2,86 milhões, com um contrato de cinco anos.