terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Nova Prata: Amistoso entre Veteranos do Amigos X Panela Velha aconteceu na AABB


Aconteceu em Nova Prata uma partida de futebol sete festiva. O amistoso entre Veteranos do Amigos e  Panela Velha, time de Veranópolis do Beto Caser. O jogo aconteceu  na AABB em Nova Prata, e a vitória foi do Amigos por 7 X 5. O jogo contou com atletas veteranos que atuaram por equipes da região e de outros locais. Detalhe a  ser destacado, é e camisa do Panela Velha, uma réplica das camisas do extinto Clube Atlético Veranense.

Veranópolis: Mateus Santana está na seleção da quarta rodada do Gauchão 2017

Mais uma vez foi apontada a seleção da rodada do Campeonato Gaúcho. Na terceira rodada o VEC colocou dois profissionais, o atacante Keké e o técnico Tiago Nunes. Nesta quarta rodada o Pentacolor emplacou mais um atleta, o garoto de Vila Flores, Mateus Santana, autor do gol de empate no jogo contra o Cruzeiro, e escolhido craque do jogo. Mateus vem mostrando o acerto em sua contratação pelo VEC neste ano. Mateus marcou gols importantes até agora, e a expectativa é que continue rendendo em campo como vem fazendo nestas primeiras rodadas. Confira a seleção da quarta rodada do gauchão.

Veranópolis: Arthur Santos é campeão da Taça Cigha – Copa dos Vales, pelo Santa Cruz.


A torcida do Santa Cruz, da cidade do mesmo nome, soltou o grito de campeão na noite da última segunda-feira, 20, nos Plátanos. O alvinegro de Santa Cruz do Sul conta com um atleta veranense, é Arthur Santos, jogador que iniciou sua trajetória em Veranópolis na AAV e depois no Veranópolis Esporte Clube. Arthur comemorou juntamente com seu companheiros o primeiro título do ano. O Santa Cruz vai disputar a Divisão de acesso do estado.
Arthur Santos
Dentro de casa, o Santa Cruz superou o Lajeadense nas cobranças de pênaltis, após empate em 1 a 1 com bola rolando, e conquistou a primeira Taça Cigha – Copa dos Vales. O torneio preparatório dos clubes da região dos rios Pardo e Taquari para a Divisão de Acesso do Gaúcho reuniu ainda Avenida (quarto colocado) e Guarani (terceiro), de Venâncio Aires. O troféu de campeão foi entregue ao capitão do Santa Cruz, Caio, pelo diretor da Cigha, Paulo Valdir Pohl, numa solenidade pós-jogo que contou dirigentes do clube, organizadores, convidados e torcedores.

Veranópolis: Tales Cainã Wastowski, goleiro da base do VEC, vai jogar no Aimoré.


Mais um dos garotos que passou na base do VEC, está de time novo. O goleiro Tales Cainã Wastowski vai para o Aimoré, e disputará duas competições. Com três anos na Base do Grêmio, Tales está indo para o profissional do Aimoré, e vai descer para jogar as partidas da sub20.
A ida do jovem goleiro para o Aimoré servira para que o atleta possa adquirir mais experiência nesta sua trajetória. Tales é um goleiro com grande potencial e ótima estatura, tem tudo para ser um dos grandes atletas nesta posição.
Tales Cainã Wastowski 
Idade: 20 anos (1997) 
Altura: 1,96 Peso: 84 kg

Nova Prata: Fabio Maciel Correa, o Fabinho, vai jogar pela AGE no futsal do estado


O atleta pratense Fabio Maciel Correa, o Fabinho, é jogador de futsal já a algum tempo, e defendeu times do RS e fora dele também, em competições com campeonatos importantes e competitivos. Fabinho agora está de time novo, o ex jogador do Teutônia futsal, vai defender as cores do AGE Futsal de Guaporé agora em 2017. Fabinho é um jogador de ponta do futsal do estado, e a expectativa é que faça um grande campeonato agora em seu novo clube.

Veranópolis: VEC correu perigo de perder pontos, mas o erro foi da FGF. Entenda o caso.

Uma suposta escalação irregular de jogadores que poderia tirar pontos do Veranópolis teve falha do TJD. A admissão do erro vem do próprio tribunal esportivo. O problema é com o goleiro Anderson, do VEC. No ano passado, quando atuava pela Apafut, foi expulso em partida contra o Caxias pela Copa Serrana. Julgado, foi condenado a dois jogos de suspensão. Não cumpriu. Antes do começo do Gauchão, o Veranópolis fez uma consulta ao TJD sobre algum impeditivo para escalar o jogador e recebeu como resposta de que o atleta estava liberado. Assim, ficou no banco em dois jogos. Depois da partida contra o Brasil, aconteceu uma consulta por equipes interessadas nos pontos do VEC, e o tribunal percebeu que estava equivocado na orientação. 
— Foi uma falha nossa — reconheceu o secretário César Cabral. 
A punição foi convertida no pagamento de cestas básicas, uma alternativa bastante comum nestes casos. 
A situação é semelhante à que envolveu o volante Petros, no Corinthians de 2013. À época, o clube paulista consultou a Federação Paulista e a CBF, e ambos informaram que o jogador estava apto a atuar. Depois, constatou-se que havia uma falha em seu contrato. O STJD entendeu, por unanimidade, que não houve dolo por parte do clube e o absolveu. O caso do Veranópolis está com a procuradoria do TJD, que deverá arquivá-lo.
Foram alguns dias de angústia e preocupação por parte da direção Pentacolor, mesmo sabendo que o Veranópolis havia consultado antes do início da competição, a FGF. 
Como faz todos os anos antes do início, Ademir Bertoglio, gerente de futebol, remeteu a FGF o nome de todos os jogadores para saber se algum deles estava com situação irregular. A resposta que retornou da federação foi que apenas Athos estava com uma pendência, que foi cumprida com cesta básica, o restante, segundo a FGF estava regular. O erro partiu da própria federação, do setor responsável pelos atletas que disputam o gauchão. Mas, até tudo ficar resolvido foi muito preocupante.