quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Trocando ideia: VEC ano que caiu, e ano que já pensa em subir.


No domingo passado enquanto observava os aviões do aeroclube participando mais uma vez, como acontece todos os anos, do desfile cívico, me dei conta que a o ano está indo embora. Setembro é uma marca de mudança de pensamento, época que nos damos conta que já é hora de pensar que vem aí o natal, e com ele um novo ano. Passou pela minha lembrança um pouco do que foi, e do que está sendo este ano. 2019 foi o ano que marcou a queda do Veranópolis Esporte Clube, e também o ano em que renasce a esperança de voltar a posição que o time permaneceu por 25 anos. Tá bem eu sei, isso só poderá acontecer no ano que vem, mas veja bem, agora é a hora de começar a pensar, e também iniciar a montagem da estratégia para lá em Setembro do ano que vem, quando os aviões do aeroclube participarem novamente do desfile, poder recordar que o ano mais uma vez vai para sua parte final, e que o VEC conseguiu seu objetivo. Torcedor Pentacolor, eu tenho essa esperança pelo que dizem os presidentes do clube. Na 96,1 FM Generosi falou. Na Studio TV Roncato também falou. Os dois se manifestaram no mesmo tom...vão fazer tudo para recolocar o Timaço do Peito no gauchão de 2021. Falam em treinador de primeira linha, de jogadores comprometidos, e principalmente de uma esperança forte de retorno. Ademir Bertoglio não é mais gerente do VEC, vai a São Paulo no Penapolense, segundo Generosi e ele mesmo, proposta irrecusável. Foram nove anos de trabalho, todos na primeira divisão, e no último a queda. Agora, quem será o novo gerente? Pelo que senti na entrevista pode ser um ex-jogador, atleta que passou pelo Pentacolor...como aposta, acho que pode ser Fininho Kufner, mas é apenas uma aposta. A montagem do time deve ficar a cargo do novo treinador, ao lado do diretor de futebol Dirceu Paulo Salla, em que convenhamos, está em boas mãos. Além de bom no que faz, Tampinha é um torcedor e apaixonado pelo VEC. O orçamento pode ficar entre 700 a 800 mil reais, da FGF virá 400 mil, orçamento suficiente para poder realizar uma boa temporada. E o treinador quem será? Bom aí vão minhas apostas; Hélio Vieira, Julinho Camargo ou Paulo Henrique Marques...aqui acho que concordamos que são bons nomes para comandar o Veranópolis Esporte Clube. Bom meus amigos, os aviões realizaram seus voos no dia da pátria, faltam três meses e meio para o final de ano, o Festival do Whisky passou...agora é hora de trabalhar e iniciar uma nova caminhada. Confio nos cartolas pentacolores, acredito no que eles falam...até porque, é o que eu desejo e penso que você também. Então, estou só por Setembro do ano que vem!