terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Nesta quarta tem futebol pela 96,1 FM. Confira!

Veranópolis: Surgiste da Força do Povo!


Nesta quarta feira tem jogo do VEC pelo Campeonato Gaúcho de 2016. O Pentacolor fez uma pré temporada de muita expectativa, com o marketing despejando esperança para o torcedor viajar no sonho de conquistar a vaga para a série D do brasileiro, e desta vez jogar!. Com a bola rolando, a primeira impressão não foi boa, e o sonho do torcedor foi interrompido abruptamente. Agora a torcida do povo Pentacolor é conseguir retomar o sonho, e voltar a acreditar. Já se ouvem criticas e comentários negativos, e no último jogo vaias surgiram na arquibancada. Mas acreditar é importante, e principalmente acreditar no tino do departamento de futebol, que foi buscar o melhor que o clube poderia ter dentro de suas condições. Os jogadores que estão aí, devem aprender o mais rapidamente possível o significado que a camisa Pentacolor carrega. Deve aprender rapidamente que Veranópolis é o menor município do estado com um clube na principal divisão do futebol. Que, o clube nasceu do esforço de toda a comunidade, da união de pessoas que até aquele momento era impossível de acontecer. Que tem um povo simples, mas apaixonado! Que as cores vieram do Veranense, Dalbam e do município, com a ideia do ex prefeito e falecido Leonir Farina. Que os prefeitos que vieram em seguida sempre apoiaram o clube mais amado da serra. E que cada um se orgulha do Timaço do Peito. " Surgiste da força do povo". " Hoje és orgulho". Enfim, este é o Veranópolis Esporte Clube Recreativo e Cultural, que nesta quarta enfrenta o Grêmio no ADF, e é por tudo isso que confiar no técnico, e no grupo de jogadores desta temporada será fundamental. No gramado de tantas glórias é preciso garra, entrega e foco no resultado positivo. Força Veranópolis!

Gauchão 2016: Grêmio está em Nova Prata, e com time confirmado.


A delegação do Grêmio chegou por volta das 16h40min da terça-feira a Nova Prata no Prata Villaggio Hotel, onde a equipe ficará concentrada para o jogo contra o Veranópolis, quarta, pelo Gauchão. Embora o time escalado pelo técnico Roger seja predominantemente reserva, conta com uma atração de peso: Giuliano. O meia está recuperado de lesão e será titular na partida, para ganhar ritmo de jogo, já visando à Copa Libertadores.

– O Giuliano é uma peça muito importante técnica e taticamente. E um jogador muito inteligente, que cobre a linha do lateral e faz a sua função muito bem – afirma o volante Moisés, que vai compor a dupla de volantes com Edinho. O jogo tem ares de ¿vestibular¿ para os jogadores gremistas. Com as recentes contratações de Henrique Almeida e Miller Bolaños, tendem a sobrar poucos lugares na equipe titular que vai jogar a Libertadores. Por isso, a ideia dos reservas que entrarão em campo é dar o máximo para mostrar serviço ao técnico Roger.

– Quando temos essas oportunidades, tentamos aproveitar da melhor forma possível para passar confiança para ele e ele, se quiser, nos utilizar – completa Moisés.

No jogo contra o Veranópolis nesta quarta (10), às 21:45hrs, o Grêmio terá a seguinte escalação: Bruno Grassil; Wesley, Bressan, Fred e Marcelo Oliveira; Edinho e Moisés; Giuliano, Lincoln e Fernandinho; Bobô.

Veranópolis: Confira o serviço do jogo VEC X Grêmio

Confira os valores dos ingressos e portões de acesso na partida desta quarta-feira (10), às 21h45min, no estádio Antônio David Farina.
Para a terceira partida do Veranópolis no Gauchão 2016, diante do Grêmio, nesta quarta-feira (10), às 21h45min, no estádio Antônio David Farina, os ingressos ainda estão à venda.
O primeiro lote de ingressos antecipados custa menos: R$ 50,00 para a torcida Pentacolor. Ingressos de estudantes e idosos serão vendidos somente no dia do jogo. Confira os locais de venda:
Paraí - Açougue Marebi
Nova Prata - Loja Atitude Sport e Cônsul do Grêmio
Nova Bassano - Cônsul do Grêmio, Marcos.
Nova Araça - Bar e Armazém Peroza
Vila Flores - Super Mascaron e Posto das Flores
Cotiporã - Posto Marin
Fagundes Varela - Cônsul do Grêmio (Antônio Boscheti)
Veranópolis - NZ Esportes, Brava Vídeo Locadora e postos de gasolina.
Na quarta, dia do jogo, as Bilheterias abrirão às 20h para venda de ingressos, tanto para torcida Pentacolor, quanto visitante. O ingresso custará R$ 70,00.
Sócios Pentacolor têm livre acesso, OBRIGATORIAMENTE através da carteirinha 2016. Crianças até 12 anos não pagam ingresso.
Os acessos no estádio para a torcida do VEC se darão através do Portão Principal (Bilheteria 1); para a torcida do do Grêmio, a entrada será pelo Portão Visitante (Portão 2 e 3). Os portões abrem às 20h30min.

18ª Copa Basalto de Futebol de Campo de 2016


Coordenação: CMD/Paraí
1ª Fase
Data: 06 de fevereiro de 2016 (sabado)
Local: Campo Municipal de Montauri
15 horas – CRCM Montauri ‘B’ 01 x 00 Varonil ‘B’
Gol: Romário

17 horas – CRCM Montauri ‘A’  02 x 01 Farrapos/CMD Guabijú  ‘A’
Gols: Felipe ‘2’(Montauri); Tonho(Guabijú)

Data: 13 de fevereiro de 2016 (sabado)
Local: Módulo Esportivo Municipal de Casca
15 horas – CMD Casca ‘B’ x Varonil ‘B’
17 horas – CMD Casca ‘A’ x Atlético Juniors ‘A’

Data: 14 de fevereiro de 2016 (domingo)
Local: São Judas Tadeu/Fagundes Varella
15 horas – Agua Verde ‘B’ x Salete ‘B’

17 horas – Agua Verde ‘A’ x  7 Campos ‘A’

Veranópolis: Lúcio e Felipe Guedes, experiência e vitalidade!


Todo time que quer ser campeão precisa ter um grupo qualificado e disso, o técnico Luiz Carlos Winck não pode reclamar. O elenco Pentacolor é recheado de jogadores campeões, experientes e com passagens por grandes clubes do futebol brasileiro. É o caso dos atletas Lucio e Felipe Guedes. Na semana que o Veranópolis receberá o Grêmio em casa, depois de 04 anos, conversamos com os dois atletas do VEC que já tiveram passagens pelo Tricolor Gaúcho. Eles revelaram suas expectativas para o gauchão, como é vestir a camisa pentacolor e sua relação com a torcida.

O lateral Lúcio já rodou diversos clubes e vestiu algumas camisas como a do Palmeiras, São Paulo e Grêmio, todas com muitos títulos. Nascido em Olinda/PE, Lúcio adotou o Rio Grande do Sul como a sua segunda casa. Hoje, com 36 anos, quem vê o atleta admira-se pela disposição de um garoto que desfila no gramado do Farinão, com toda técnica que o consagrou como um dos melhores laterais do Brasil. Sempre buscando o aperfeiçoamento, Lúcio afirmou estar muito motivado para jogar o gauchão pelo VEC e espera, assim como nos clubes que passou, trazer muitas alegrias para a torcida.

VEC - Lúcio, depois ter passado por grandes clubes do país, qual a motivação de jogar o gauchão com a camisa Pentacolor?

Lúcio - A motivação é enorme por se tratar de uma grande equipe montada e competitiva, com uma gestão séria e uma torcida que aguarda ansiosa por um ano inteiro de jogos. Estou sonhando o mesmo sonho e quero ajudar o VEC conquistar a vaga no campeonato brasileiro.

VEC - Tu é um jogador com muitos títulos. Acredita ser possível o torcedor pentacolor sonhar com a vaga na Série D?
Lúcio - Com certeza, quem não sonha não tem motivação. O VEC é uma das forças do interior, tem uma equipe experiente e um grande treinador e também uma torcida apaixonada. Não será fácil, o campeonato gaúcho é intenso e todas as equipes estão bem preparadas, mas acreditamos que é possível e vamos dar o nosso melhor em campo para trazer essa alegria ao torcedor.

VEC - Por onde tu passou, deixaste tua marca. És bem quisto nos clubes que jogastes e aqui em Veranópolis não é diferente. Como é a relação com o torcedor pentacolor? Como é jogar aqui?

Lúcio - Jogador marca sua história com títulos e espero que Deus me abençoe aqui também. Por onde passei sempre fui iluminado e pude contribuir para que os clubes tivessem êxito no planejamento, e essa entrega dentro de campo é retribuída com as conquistas e com o carinho da torcida. Veranópolis é uma cidade pequena, mas muito acolhedora e o torcedor muito apaixonado. É muito bom receber o carinho e o incentivo nas ruas e na arquibancada. Esperamos, como equipe, fazer história no VEC com o apoio da torcida. Os 11 atletas em campo precisam da torcida, ela é o 12º jogador. Vamos transformar o Farinão num caldeirão.

Outra peça importante no time do técnico Luiz Carlos Winck é Felipe Guedes, de 24 anos. O volante já vestiu o manto Pentacolor em 2015, e sua vitalidade e a resistência de atuar durante os noventa minutos, com todo o gás e com toda a disposição, fez com que em 2016 fosse chamado novamente para integrar o elenco do VEC. Guedes, como prefere ser chamado, é um volante diferenciado: carrega consigo a característica típica dos jogadores da posição – a marcação -, mas mostra toda qualidade técnica com a bola no pé. Fundamental também para a posição que Guedes ocupa é uma boa compleição física, pois disputas e choques fortes com os adversários tornam-se inevitáveis. Embora discreto, a presença é sentida em campo, pelos adversários desarmados ou pelas jogadas construídas. Por isso, com toda sua qualidade e o emprego de uma raça típica de quem veste o manto pentacolor, Guedes conquistou a torcida.

VEC - Tu também já vestiu a camisa do Tricolor Gaúcho e trabalhou com o Lúcio, e agora receberá o Grêmio em casa e jogando com o Lúcio, no mesmo time. O que passa pela tua cabeça sobre esse jogo?

Felipe - Estou muito feliz. No Grêmio foi aonde tudo começou, onde integrei pela primeira vez uma equipe profissional e o Lúcio era um jogador que eu admirava e ainda admiro muito. O frio na barriga é inevitável, com certeza será um grande confronto e o que espero é dar o meu melhor em campo, honrar a camisa que visto e trazer alegria para a torcida pentacolor que sempre apoia nosso trabalho.

VEC - Tu já passou por alguns clubes do Estado e também fora dele. Como é vestir ao manto Pentacolor pela segunda vez?

Felipe - Gratidão e orgulho são as palavras que melhor definem meu sentimento. Fiquei muito feliz quando ligaram me convidando para novamente defender o VEC e espero contribuir de forma significativa nesse campeonato. Finalizar com uma grande conquista, que é colocar o VEC aonde ele merece estar: na elite do futebol brasileiro.

VEC - De fato, acredita que é possível ao Veranópolis conquistar a vaga na Série D?
Felipe - Sim. O Veranópolis sempre teve o pé no chão e agora sonha com um passo maior. Toda a equipe foi formada com atletas experientes, visando essa vaga. E nós estamos muito motivados, queremos juntos com a torcida, escrever uma nova história para o VEC. Queremos deixar nossa marca gravada na história do clube.

VEC - E o que tu espera desse confronto com o Grêmio?
Felipe - É um jogo muito importante e por isso o apoio da torcida é fundamental. Vamos lotar o Farinão, vestir o manto, cantar o hino pentacolor e fazer do estádio um caldeirão. O torcedor será o 12º jogador em campo.

Luana Trentin

Executiva de Marketing Esportivo

51 9995 8071 | luana@soufalcon.com.br