quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Lajeadense também mudou de técnico. Saiu Carpegiani, entrou Edson Porto o Edinho.

O Lajeadense entrou na zona de rebaixamento do Gauchão 2016 e a direção não perdeu tempo: Rodrigo Carpegiani não é mais o técnico e Edson Porto, ex VEC é o novo comandante do alviazul. Com quatro pontos na competição, o próximo desafio será contra o Cruzeiro às 17h de domingo. Com 58 anos, o treinador iniciou a sua carreira em 1984 quando permaneceu até 1991 contribuindo com as categorias de base do Internacional onde conquistou quatro títulos. Em seguida, foi trabalhar com os jovens gremistas onde ficou por um ano. Em 1993, foi para o Japão onde ficou até 1998. No ano de 1995 conquistou o Campeonato Japonês pelo Yokohama F. Marinos. Além desta importante conquista, comemorou mais cinco títulos no Japão. Entre tantos clubes no currículo, vale destacar as passagens pelo Veranópolis, 15 de Novembro, Pelotas, Gama, Ituano, Brasiliense e o último clube gaúcho foi o Santa Cruz.

Fonte: Esportche

Veranópolis: VEC venceu, mas o campeonato não terminou, esta começando!


Inter X VEC foi um jogo para entrar novamente no gauchão de 2016. Mas, não é o último jogo, tem mais pela frente e a postura deve ser igual ao jogo de quarta feira. A verdade é que antes deste jogo a turbulência balançou a casa Pentacolor. A direção estava dividida, alguns componentes queriam a saída de Winck, mas a maioria venceu, e o técnico permaneceu no comando da equipe. A permanência do treinador foi um voto de confiança e a responsabilidade dele ficou maior. Antes do jogo de quarta feira aconteceram dispensas, a busca por reforços foi acelerada. Tanto é verdade que chegou Paulinho Le Petit, antes já aconteceu a apresentação de Paulista. 
Ronaldo, destaque Ótica Visual/96,1 FM
No jogo do Beira Rio mudaram-se algumas peças, e a engrenagem que é o VEC melhorou! A vitória apareceu. Bom, o Pentacolor teve uma certa dose de sorte, mas ainda bem, porque ela estava sumida nos últimos jogos. Os problemas não desapareceram como num passe de mágica, eles ainda estão aí...mas todos viram que eles podem ser superados. O que precisa acontecer é os jogadores se dedicarem da mesma forma que aconteceu no Beira Rio. E isso deve ser uma cobrança constante. Andar no fio da navalha não podendo errar, este será o novo campeonato Pentacolor.  No jogo Ronaldo foi escolhido como craque Ótica Visual/96,1 FM pela equipe de esportes da Comunidade FM. O próximo jogo do VEC será dia primeiro, terça feira, no estádio Vermelhão da Serra contra o Passo Fundo. 

Glória de Vacaria contratou Rodrigo Bandeira para o lugar de Clemer

O Glória não perdeu tempo para anunciar o seu novo treinador. Após confirmar a saída de Clemer, na tarde desta quinta, o clube foi rápido e já acertou com Rodrigo Bandeira. Bandeira estava na equipe do Riograndense, de Santa Maria. O clube liberou o treinador, na semana passada, com a incerteza sobre o início da Divisão de Acesso. Em 2015, ele treinou o União Frederiquense, no Gauchão, e o Brasil-Fa, na Divisão de Acesso e na Copa RS. Bandeira comanda seu primeiro trabalho em Vacaria, nesta sexta-feira. O Glória está na oitava colocação do campeonato. No sábado, enfrenta o Grêmio, em Porto Alegre, às 17h.

Veranópolis: Paulinho Le Petit é reforço Pentacolor para a sequencia do gauchão

Na tarde de quinta-feira, o Veranópolis Esporte Clube anunciou a contratação do meio campista Paulinho Le Petit, de 27 anos, para compor o elenco que disputa o Campeonato Gaúcho. Le Petit chegou a Porto Alegre ontem, 24, e acompanhou o jogo vitorioso do VEC diante do Internacional, no estádio Beira Rio. Depois de iniciar como profissional no Votoraty de São Paulo, o atleta passou por outros clubes brasileiros como Osasco/SP, São Bento/SP, Americano/RJ, Tupi/MG, Democrata/MG e diversos clubes norte americanos, com o FL Strikers, o Los Angeles Galaxy e Miami Dade. Na passagem pelo LA Galaxy, teve a oportunidade de jogar com David Beckham e outros.

Para o atleta, "é um novo desafio e espero corresponder as expectativas do clube e do professor. Meu objetivo é poder contribuir e ajudar o clube se classificar e ir para as finais do campeonato."

Confira a ficha técnica do meia:

Nome: Paulo Henrique Le Petit Carrera da Silva
Posição: Meio-campo
Naturalidade: São Carlos – SP
Idade: 27 anos (23/03/1989)
Altura: 1,86m
Peso: 80Kg
Clubes: Votoraty, Grêmio Osasco, São Bento, Desportivo Brasil, FL Strikers, L A Galaxy, Americano-RJ, Corinthians Alagoano, Tupi-MG, Miame Dade e Democrata.

Veranópolis: Futsal 2016: Rodada de goleadas


Na última quarta-feira (24/02), foi realizada mais uma rodada do Campeonato Municipal Masculino e Regional Feminino de Futsal, no Ginásio Poliesportivo Leonir Antônio Farina. Três equipes que ainda não haviam estreado na competição, entraram em quadra e venceram seus jogos. Destaque para a goleada do Valverde q fez 10x0 no Barcelona. Confira os resultados, todos pelo masculino:

Amigos do Sineta 2 x 0 Juventus
Vila Nova 4 x 1 Pegada
Valverde 10 x 0 Barcelona.

A próxima rodada ocorre sexta-feira (26/02), a partir das 19h30min, com os seguintes jogos:

Feminino – U.M.B.B. x Kizomba
Masculino – Planalto B x Kizomba
Masculino – Armação x Olympique Lyonnais.

Veranópolis: "Não tá morto quem peleia"



Desde a estreia no campeonato gaúcho de 2016, o Veranópolis não conquistava a vitória. Porém, futebol se resolve dentro de campo no 11 contra 11, e nessa noite, nossos 11 foram melhores. Em noite marcada por três apagões nos refletores do Beira Rio, o Veranópolis, de virada, venceu o Internacional nesta quarta-feira (24), pela sexta rodada do Gauchão. Sasha abriu o placar no primeiro tempo, mas Jackson (contra) e Zambi marcaram para o VEC, garantindo a vitória do Pentacolor da Serra Gaúcha. É bem verdade que as paralisações por conta das seguidas quedas de energia atrapalharam um pouco o rendimento, mas não impediram os bravos guerreiros do VEC de lutarem pela vitoria. Foram três ao todo – antes de o jogo começar, aos 15 minutos do primeiro tempo e aos 45, que prolongaram o primeiro tempo em 27 minutos. Porém, a primeira etapa finalizou com o placar de 1 a 0, com vitória parcial para o time da casa. Porém, ao retornar para a etapa final, os comandados do técnico Luiz Carlos Winck voltaram com muita vontade de vencer. Logo aos dois minutos, ampliaram o placar. O cruzamento de Massari foi interceptado pelo zagueiro, que mandou a bola contra o próprio gol. Veranópolis 1 a 1. Em contra-ataque bem armado pelo Veranópolis, Zambi foi acionado, driblou Alisson e quase sem ângulo finalizou antes de Paulão chegar. Belo gol e virada do VEC, aos 14 minutos. O internacional esboçou reação, mas o Veranópolis resistiu bravamente e garantiu a primeira vitória no Gauchão. Com a vitória, o clube Pentacolor tirou a invencibilidade local do Internacional que durava 21 jogos. A marca durava desde julho do ano passado. O VEC agora soma 04 pontos e o próximo desafio será no estádio Vermelhão da Serra, dia 01 de março, às 20h, contra o Passo Fundo.


Luana Trentin
Executiva de Marketing Esportivo
51 9995 8071 | luana@soufalcon.com.br

Veranópolis: VEC retoma o gauchão


O VEC quebrou a invencibilidadeInter na temporada do Internacional. Em uma noite de 3 apagões no Beira-Rio, o Colorado foi derrotado pelo Veranópolis por 2 a 1 em jogo válido pela sexta rodada do Gauchão. O time de Argel Fucks saiu na frente com Eduardo Sasha no primeiro tempo, mas levou a virada no segundo. Jackson, contra, e Zambi foram os responsáveis pelos gols do VEC. Com o resultado, o Inter permanece com 12 pontos no Gauchão e se afasta da liderança. O Veranópolis, que ainda não havia vencido, chegou a quatro pontos na competição. O Colorado volta a jogar no próximo domingo, quando vai pela primeira vez atuar no interior neste Gauchão. O adversário será o Juventude, às 17h, no Alfredo Jaconi. No mesmo dia e horário, o VEC vai a Passo Fundo enfrentar o time local. O primeiro tempo de Inter e Veranópolis teve quase tanto tempo de bola parada quanto rolando. 
O jogo teve de parar duas vezes por quedas de luz no estádio. Na primeira, a partida ficou paralisada por 13 minutos. Na segunda, por 12. As paradas atrapalharam os dois times que criaram pouco na primeira etapa. O jogo até começou movimentado no Beira-Rio. O time da Serra não se contentou apenas em se defender nos primeiros minutos. O primeiro ataque da partida foi justamente do Veranópolis. Aos 2 minutos, após a defesa colorada cortar a bola para escanteio, Zambi bateu o corner e Jackson apareceu no momento certo para evitar que Micael mandasse a bola para o fundo das redes. A resposta colorada veio em seguida com Aylon, que cruzou uma bola perigosa para Sasha, mas dessa vez foi a defesa do VEC que evitou o gol na hora certa. Com o cronômetro chegando aos 15 minutos, aconteceu a primeira queda de luz no Beira-Rio. Treze minutos depois, a bola voltou a rolar. Foi quando o Inter adiantou sua marcação e passou a pressionar o Veranópolis até que chegou ao gol. Aos 43, Anderson deu uma bela bola para Artur, que fez o cruzamento para trás e encontrou Eduardo Sasha. O atacante colorado finalizou de primeira e mandou no canto para abrir o placar no Beira-Rio. Logo após o gol colorado, a luz caiu novamente. O jogo ficou parado por mais 12 minutos. Talvez pelo tempo parado, mas o retorno da partida foi de pouca movimentação dos dois times. O único lance de gol ocorreu com Paulão, que subiu mais alto que a defesa do VEC após escanteio e cabeceou para defesa de Léo. Depois de 72 minutos, o primeiro tempo acabou no Beira-Rio. O Inter voltou sem mudanças para o segundo tempo. No Veranópolis, Winck sacou Léo para a entrada de Paulista. E o Colorado teve boa chance para ampliar logo aos 2 minutos. Jackson bateu falta da entrada da área e mandou perto do ângulo direito. E Jackson, que quase tinha aumentado a vantagem colorado, foi o responsável pelo gol do Veranópolis. Aos 8 minutos, após cruzamento da esquerda, o zagueiro deu o carrinho e mandou contra o próprio gol. Alisson já tinha feito o movimento de saída e nada pode fazer: 1 a 1. O Inter nem teve tempo para tentar a reação e levou outro gol. Aos 14, após lançamento longo para Zambi, Alisson saiu mal do gol. O atacante do VEC driblou o goleiro colorado e mandou para o gol para virar a partida no Beira-Rio. Atrás no placar, o Inter foi com tudo para o ataque. E conseguiu criar chances. Sasha, por duas vezes, teve as oportunidades para o empate. Aos 17, ele tentou por cobertura, mas mandou por cima. Dois minutos depois, a cabeçada saiu à direita do gol de Léo. Não apenas Sasha teve chances. Aos 21, Aylon desviou após cruzamento de William e acertou o travessão. O Inter seguia a pressão e chegou novamente aos 29 com Artur, que recebeu belo passe de Anderson, mas acertou a rede pelo lado de fora. Para tentar pelo menos o empate, Argel Fucks mexeu no time. Alex e Bruno Baio entraram nos lugares de Alisson Farias e Aylon, que, assim como toda a equipe colorada, não conseguiram repetir as boas atuações da goleada sobre o Cruzeiro. Bruno Baio até chegou a mandar a bola para o fundo das redes aos 40 minutos, mas o lance foi anulado corretamente por impedimento. O time de Argel seguiu pressionado até o fim, mas não conseguiu chegar ao segundo gol. Final de partida: Inter 1 x 2 Veranópolis.

Gauchão 2016 - 6ª rodada
Inter - 1

Alisson; William, Paulão, Jackson e Artur; Fernando Bob (Andrigo), Rodrigo Dourado, Anderson e Alisson Farias (Alex); Eduardo Sasha e Aylon (Bruno Baio).

Técnico: Argel Fucks.

Veranópolis - 2

Léo; Igor Bosel, Micael, Douglas e Massari; Felipe Guedes, Favoni e Ronaldo; Lê (Paulista), Zambi (Admilton) e Reginaldo.

Técnico: Luís Carlos Winck.

Gols: Eduardo Sasha (43min/1ºT); Jackson contra (8min/2ºT), Zambi (14min/2ºT)

Cartões amarelos: Ronaldo, Léo, Igor (VEC); Alex (INT)

Árbitro: Roger Goulart

Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi e Fabrício Lima Baseggio

Local: Beira-Rio