sábado, 17 de janeiro de 2015

VEC empata no primeiro amistoso.

O Veranópolis Esporte Clube realizou seu primeiro amistoso em preparação para o campeonato gaúcho de 2015. O adversário deste sábado foi o Aimoré do técnico Paulo Porto. O jogo terminou empatado em 0X0, com o time de Julinho Camargo fazendo um bom primeiro tempo, onde o Pentacolor perdeu de cinco a seis chances de gol. A segunda etapa foi de muitas modificações, e as duas equipes perderam o pouco entrosamento que apresentaram no primeiro tempo, pelo simples motivo de que este era o primeiro jogo destes times na temporada. O positivo neste amistoso foi a impressão deixada pelo VEC, um time rápido, de toque envolvente e boa marcação, se vai ser assim durante o campeonato, somente o tempo dirá. Agora o Timaço do Peito tem na quarta feira mais um jogo, será contra o Planalto, campeão amador de Veranópolis, e o jogo será em dois tempos de trinta minutos. Depois, nó próximo sábado o VEC fecha seus amistosos contra o Juventude no ADF às 18 horas. A estréia Pentacolor será dia primeiro contra o Cruzeiro fora de casa. O Veranópolis Esporte Clube jogou na primeira etapa com Mateus, Afonso, Léo Dagostini, Marcel, Luciano Amaral, Marcos Rogério, Felipe Guedes, Eduardinho, Claitinho, Lê e Soares. Ainda no primeiro tempo entrou Glauber, após a expulsão de Marcos Rogério que juntamente com o jogador Mateus do Aimoré, saiu antes no jogo. Na segunda etapa o Time de Paulo Porto mudou todo, e o VEC de Julinho Camargo aos poucos. Jogaram pelo VEC na segunda etapa Josemar, Guever, Jadson, Léo Dagostini, Richard, Glauber, Luiz Grando, Wilian Ribeiro, Túlio Renan, Rafael Mineiro, e Vanderlei. Um problema surgiu no grupo do VEC, o zagueiro Edson Borges pode estar com problema nos ligamentos no joelho, e fez um exame, se o resultado der positivo pode o VEC buscar um outro zagueiro. O trabalho segue e para a estréia do dia primeiro o time deverá estar numa condição bem melhor para fazer um grande campeonato.

Hoje tem VEC e 96,1 FM. Confira


O ano promete ser muito bom para o pratense Gustavo Barreto

O pratense Gustavo Barreto, conhecido como "Barreto", filho dos nossos amigos e ouvintes Rogério e Carmem se prepara para um grande ano no Criciúma.

“Tranquilo” e “entrosado”, Barreto impõe meta ao Tigre: “Mudar imagem”. Volante promovido da categoria de base do clube aponta manutenção de atletas como positiva, mas sabe que Criciúma precisa causar impressão melhor que a de 2014.

Barreto teve pouco tempo. Foram apenas três jogos com o time profissional do Criciúma. Na estreia, diante do Flamengo, bastava a confirmação do rebaixamento que era então quase certo, um golpe duro numa temporada bem abaixo das esperanças do clube. Apesar de um trio de partidas, o volante de 19 anos acredita ter aproveitado a oportunidade o suficiente para figurar na equipe principal em 2015. Por acompanhar o calvário de perto, participar dos últimos confrontos e por conhecer o clube, sabe que tem sobre os ombros a missão de ajudar a fazer deste ano bem diferente do que foi o passado do Tigre.
- Vamos tentar mudar a imagem, tentar esquecer o ano e construir coisas boas e novas neste, conquistas e títulos. Temos que fazer um bom ano pelo Criciúma – disse o jogador.
Foi a temporada, ficaram os jogadores. Do atual elenco do Tigre, apenas dois atletas – o lateral Danilo Tarracha e o atacante Perea – são as novidades, até agora. Os demais estavam no clube ou na base, como é o caso de Barreto. Um plantel que viu de perto ou participou do rebaixamento seria positivo? Para o volante, sim. Segundo ele, o Criciúma vai ganhar em entrosamento.
- A convivência está boa, legal. Do grupo ficou bastante gente do ano passado, nos conhecemos bem. Isso tende a crescer, porque o grupo está fechado e entrosado, e os novos que estão chegando, nós tentamos acolher para formar uma equipe vencedora – justificou.
Há mais um aditivo nessa situação. A equipe tem o comando técnico de Luizinho Vieira. O treinador foi o interino nas últimas rodadas do Brasileirão passado e comandava o time júnior até pouco, a origem de uma parcela significativa de atletas do atual plantel.

- Ele é um grande técnico, dá tranquilidade para trabalhar, conhece bem a gente, e a gente conhece bem ele. Vamos tentar fazer o que pede nas partidas, jogos e treinamentos, no dia a dia – completou Barreto.
O Criciúma tem até o dia 31 de janeiro para se preparar ao primeiro compromisso do ano. Nesta data, um sábado, a equipe recebe o Guarani de Palhoça, no Heriberto Hülse, para a primeira partida do Campeonato Catarinense de 2015.

Fonte: Rádio ATIVA FM
(Foto: Fernando Ribeiro / Criciúma EC) Matéria do Globo Esporte.