terça-feira, 7 de outubro de 2014

VEC: Quase tudo decidido! Com orçamento, presidentes que seguem e conselheiros comprometidos.

A direção do Veranópolis Esporte Clube, o prefeito Carlos Alberto Spanhol e alguns conselheiros participaram da reunião que aconteceu na noite de terça fiara, dia 7 na câmara de vereadores de Veranópolis. O encontro foi dividido em duas partes, a primeira foi de acerto de contas, onde a tesouraria do clube apresentou a receita e as despesas da temporada que esta findado. O VEC teve uma entrada de R$ 1.886.457,08 e despesas de 1.883.706,78. O pentacolor tem R$ 441,500,00 comprometidos junto a FGF, uma premiação atrasada de R$ 33.000,00, empréstimos com terceiros no valor de R$ 56.500,00 e para o transportador do VEC R$ 50.000,00.
Dep. de futebol inicia o trabalho
O orçamento para a temporada de 2015 ficou estimada entre R$ 1.300.000 a R$ 1.500.000, e é nestes valores que o departamento de futebol vai começar a montar a equipe para a próxima temporada. No segundo momento da reunião foi abordado o tema mais complicado do clube, a nova presidência. O Veranópolis Esporte Clube ainda não tem presidente em definitivo, mas tem quem continua comandado os destinos da equipe que a mais de 20 anos permanece na primeira divisão. Ficou decidido que Gilberto Generosi e Valdemar de Carli com o vice Juarte Fracasso continuam a frente da entidade até que se chegue a um consenso de nomes para comandar o Pentacolor. A partir de agora inicia a montagem do time, e em breve saberemos quem será o técnico que terá a responsabilidade de conduzir o time no gauchão de 2015. A captação de recursos é mais um trabalho que um grupo de conselheiros e simpatizantes começará a realizar, e a boa notícia da noite foi o fechamento confirmado de todos os patrocinadores do time, que estavam na camisa de 2014, para a camisa de 2015. Agora é torcer para que o departamento de futebol tenha a competência, e uma boa dose de sorte para montar a melhor equipe possível dentro do orçamento estipulado. Torcedor Pentacolor, faça a sua parte, ajude o Timaço do Peito a manter a tradição de todos os anos, e compre os produtos do VEC para 2015 que começarão a ser oferecidos.   

Se Catalunha se tornar independente, Barcelona pode deixar o Campeonato Espanhol

Um dos maiores sonhos da Catalunha, a sua independência da Espanha, pode ter impacto sobre Barcelona. De acordo com Javier Tebas, presidente da Liga de Fútbol Profesional (que comanda o Campeonato Espanhol), o Barça, assim como o Espanyol, terão que sair do campeonato caso vençam esta luta.

— A Lei do Esporte refere que há apenas um estado não espanhol que pode jogar na competição, que é Andorra. Se a Catalunha conseguir a sua independência, Barcelona e Espanyol não podem jogar na Liga — disse Tebas à rádio Onda Cero. A Catalunha é uma das regiões mais ricas da Espanha e tem interesse separatista há muito tempo. O movimento ganhou muita força nos últimos anos, com direito a passeatas e manifestações pelas ruas. Mas o governo espanhol quer manter o local e se opõe a um referendo. No campo do futebol, Javier Tebas lembra que, para deixar os clubes catalães, incluindo os de divisões inferiores, no futebol nacional, teria que existir um grande debate.

— Para que essa modificação aconteça, teria que haver uma votação no parlamento e ver se o setor afetado estaria de acordo ou não — esclareceu.

Alunos da UCS realizam estágio na AAV

Estudantes de Educação Física realizam seu estágio profissional dentro da AAV. A Associação Atlética Veranópolis tem um projeto sócio-esportivo que atende mais de 600 crianças e adolescentes e através deste abre possibilidade para os estudantes realizarem seu estágio profissional sendo supervisionados pelos professores Flávio Barcellos, Emeline Pessim, Eduardo Farenzena e Ciane Secchi. No primeiro semestre deste ano a acadêmica Juliana Moresco aproveitou a estrutura da instituição para por em prática o seu aprendizado, agora e a vez das estudantes Alice Girardi, Fabiana Roncatto e Vanessa Pierozan. A disciplina cursada pelas estudantes da UCS que rege a atividade é a de Estágio Profissional III que tem como orientador o professor Mauro Amâncio, o mesmo vem até Veranópolis duas ou três vezes durante o semestre acompanhar o desempenho das estudantes durante a aplicação das aulas. Este é mais um retorno a comunidade que a AAV oferece justificando assim o investimento do poder público nesse importante projeto social.

AAV recebeu equipe catarinense durante o final de semana

As entidades do Bugre do Oeste e Associação Atlética Veranópolis realizaram intercâmbio interestadual. A atividade aconteceu pelo 5º ano consecutivo e foi recheado de futsal e futebol. A delegação do estado de Santa Catarina desembarcou na Terra da Longevidade na quinta-feira à noite e foi recepcionada por alunos e pais que adotaram os meninos do Bugre do Oeste durante o final de semana. Na sexta-feira foram realizados jogos de futsal e futebol 7 e no sábado a integração aconteceu na cidade de Vila Flores incluindo o Projeto Jogando para o Futuro. No domingo pela manhã a equipe de São Miguel do Oeste deixou Veranópolis feliz por mais um ano de intercâmbio. Na temporada de 2015 a atividade esta pré-agendada para o período da Femaçã. Já a visita veranense a cidade de São Miguel do Oeste deve acontecer no segundo semestre.

Paulo Henrique do VEC, esta na lista de técnicos do Inter SM

Paulo Henrique treinador do Veranópolis Esporte Clube neste segundo semestre é um dos nomes cogitados para ser o novo técnico do Inter de Santa Maria. Além dele Leocir Dall'Astra, Ben-Hur Pereira e Ricardo Attolini estariam entre os nomes cogitados pelo clube. O presidente do Inter-SM confirmou que são nomes que o clube gostaria de contar. Paulo Henrique vem fazendo um belo trabalho no Veranópolis, e consegue fazer de uma equipe de garotos, um time competitivo e bem estruturado. O VEC de Paulo Henrique Marques, esta entre os quatro classificados do campeonato na chave serra, e falta pouco para confirmar participação na próxima fase.
O futuro de Paulo Henrique no Veranópolis ainda é incerto, porque além dele Paulo Turra e Julinho Camargo estariam na mesa do gerente e do diretor de futebol para o comando pentacolor. Tudo depende de quem assumirá o time para o próximo ano.