sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Veranópolis: VEC perdeu na estreia, agora e o São José domingo no ADF


O Pentacolor não jogou mal, mas repetiu um problema já conhecido, não marcou gols, teve oportunidades e desperdiçou. O campeonato gaúcho não perdoa, e a equipe que não marcar gols, não somar pontos, corre perigo. O Veranópolis fez uma boa partida, deixou uma boa impressão e pode fazer um bom campeonato. No jogo o Pentacolor foi melhor na primeira etapa, deixando a esperança de que na segunda etapa poderia repetir a dose. Mas logo aos 4 minutos de jogo, o Internacional em uma jogada com reclamação de falta no jogador Bertotto por parte do VEC, o atacante Pottker ficou na cara do gol, e livre marcou o único gol da partida. 
Os times se enfrentavam de igual para igual, criando boas oportunidades, mas acabavam pecando no último passe.
Aos 24 minutos, Uendel sentiu dores no joelho esquerdo e deixou o campo de carro-maca. O garoto Iago entrou no lugar do companheiro.
Após falta no meio do campo, Jadson levantou na área e Rafael Bonfim subiu mais alto cabeceando perto da trave esquerda do goleiro Danilo Fernandes.
A primeira grande chance da partida veio aos 38 minutos. Em ataque colorado pela direita, Claudio Winck passou pela marcação e cruzou rasteiro para a área. O jogador Camilo entrou livre pela meio e concluiu de primeira, mas a redonda subiu muito e passou por cima do gol.


SEGUNDO TEMPO
O Internacional abriu o placar aos 4 minutos da segunda etapa. O volante Rodrigo Dourado roubou a bola no meio de campo e acionou um ataque rápido. Após tabelar com Camilo, Dourado passou para William Pottker, que carregou livre, entrou na área e concluiu na saída do goleiro Reynaldo. A bola foi morrer no fundo das redes.
A resposta do Veranópolis foi perigosa. Aos sete minutos, Felipe Mattioni cobrou falta na área, Léo D’Agostini desviou de cabeça e a redonda passou muito perto da trave, quase empatando o resultado no Beira-Rio.
Em bom contra-ataque do Internacional, William Pottker foi acionado na direita e tocou para Claudio Winck. O lateral-direito bateu cruzado e no meio do caminho Leandro Damião quase ampliou o placar a favor do Internacional, mas o centroavante colorado não alcançou a bola.
O Inter, então, achou o caminho para buscar o ataque: pela direita. Em avanço, o time da capital quase marcou o segundo. Aos 13 minutos, após cruzamento de D’Alessandro para Camilo, a zaga se adiantou e afastou o perigo.
Três minutos depois, Leandro Damião recebeu pelo meio, passou pela marcação e, de frente para a meta, encheu o pé. A bola passou sob a meta defendida pelo goleiro pentacolor.
O Inter comandava as principais ações da partida. Aos 24 minutos, o lateral-esquerdo Iago passou rasteiro para D’Alessandro, que bateu de primeira. A bola subiu e saiu pela linha de fundo para tiro de meta.
No minuto 29, Reynaldo evitou o segundo tento colorado. Na jogada, D’Alessandro encontrou Gabriel Dias, que tocou para Leandro Damião, entrando livre na área. O centroavante dominou e, cara-a-cara com o goleiro, acabou finalizando em cima do arqueiro.
Jair, craque do jogo Ótica Visual/96,1FM
O VEC chegou com perigo aos 31 minutos. Após cruzamento rasteiro de Felipe Mattioni, Wesley, dentro da área, desviou por cima do gol.
Danilo Fernandes salvou o Internacional aos 36 minutos. O Pentacolor chegou tocando a bola quando Wesley arriscou e a redonda explodiu na marcação e sobrou para Gabriel Silva, que livre, bateu bem, mas o goleiro colorado fez ótima defesa e evitou empate.
Em lance individual do uruguaio Nico López, o atacante cruzou fechado e Reynaldo é obrigado a dar um tapa na bola para evitar o gol adversário.
Na segunda rodada,o Veranópolis recebe o São José, no estádio Antônio David Farina, às 19 horas,, e o Internacional enfrenta o Novo Hamburgo, no estádio do Vale. O craque do jogo Ótica Visual/96fm, foi o meia Jair do Pentacolor. Ele recebeu o primeiro troféu da temporada.


FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 1 X 0 VERANÓPOLIS
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 18 de janeiro de 2018 (quinta-feira)
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Douglas Silva (RS)
Assistentes: Elio Nepomuceno de Andrade Júnior e Jorge Eduardo Bernardi (ambos do RS)
Público: 15.149 (12.649 pagantes)
Renda: R$ 538.540,000

GOLS
Internacional: William Pottker, aos 4 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS
Internacional: Rodrigo Dourado, Víctor Cuesta
Veranópolis: Jadson

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Claudio Winck, Klaus, Víctor Cuesta e Uendel (Iago); Rodrigo Dourado, Edenílson, William Pottker, D’Alessandro (Nico López) e Camilo (Gabriel Dias); Leandro Damião.
Técnico: Odair Hellmann

VERANÓPOLIS: Reynaldo; Felipe Mattioni, Léo D’Agostini, Rafael Bonfim e Jadson; Eduardinho, Jair e Bertotto (Fabricio Lusa); Rogerinho (Gabriel Silva), Juba (Matheus) e Wesley.
Técnico: Julinho Camargo