quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Nova Prata: Gustavo Barreto agora tem marca. É Barreto5.


Através do projeto da La Plata Fútbol e da Lapidarium Design o jovem atleta natural de Nova Prata, Gustavo Barreto que é jogador do Criciúma, ganha a sua própria marca. A Barreto5 vai acompanha-lo de agora em diante em futuros projetos que poderão incorporar a marca.
Barreto já passou pela Seleção Brasileira, e vem crescendo na profissão que iniciou em Nova Prata vestindo a camisa da ANPE.

Ex VEC Erik, volta para o Grêmio.


O técnico Roger conta a partir de agora com mais um reforço para a sequência da temporada. Trata-se do meia-atacante Erik, 21 anos, que voltou de empréstimo do Luverdense.
Na terça-feira (16), o atleta participou do jogo-treino contra o Novo Hamburgo e inclusive já teve o seu contrato com o Grêmio reativado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.
Erik foi lançado em 2014 no Grêmio, quando tinha 19 anos, pelo então técnico Luiz Felipe Scolari. Chamou atenção pela habilidade e pela precisão nas cobranças de falta.
O próprio Felipão, no entanto, afastou o atleta no início de 2015, colocando-o para treinar separado dos demais, juntamente com Kléber Gladiador e Edinho. Naquele ano, Erik foi emprestado ao Juventude e ao Veranópolis.

Nova Bassano: Na sexta feira tem São Brás X Bayern na final do futsal


O campeonato Municipal de Futsal de Nova Bassano apontou os finalistas que decidirão o título na próxima sexta feira no Ginásio Municipal. Na terça feira aconteceram os jogos da semi-final, no primeiro jogo Spartakus 2 X 4 São Brás. O São Brás foi o primeiro finalista pela Categoria Livre. No segundo jogo, deu Bayern 6 X 1 Manchester. O Bayern foi o segundo finalista da Categoria Livre. Portanto São Brás X Bayern farão a grande final do municipal de Nova Bassano na próxima sexta feira.
Também na noite de terça-feira, 16 de agosto, o Campeonato Municipal de Futsal teve a disputa de 3º e 4º lugar, entre Planalto e Diversos. 
A equipe Planalto venceu por 3 a 1 a equipe Diversos. Com este resultado, a equipe Planalto conquista o 3° lugar na competição.

Olimpíadas: Este é o verdadeiro "Espirito Olímpico". Neozelandesa Hamblin e americana D'Agostino deixaram seu exemplo.


Na prova da última terça-feira dos 5.000 metros, a neozelandesa Hamblin e a americana D'Agostino se chocaram na pista e acabaram caindo. Reerguida, D'Agostino deixou de continuar sua corrida e voltou para ajudar a colega neozelandesa a se levantar e seguir adiante. Depois, foi a vez da neozelandesa amparar D'Agostino, que teve uma lesão no tornozelo em virtude da queda. As duas cruzaram juntas a linha de chegada aplaudidas pelo público no Estádio Olímpico Nilton Santos.
O bonito gesto de espírito olímpico valeu, para Nikki Hamblin e Abbey D'Agostino, muito mais do que o resultado que obtiveram na qualificatória para a final dos 5.000 metros das Olimpíadas. Para a organização dos Jogos, o gesto valeu a classificação para a prova decisiva da competição. Em comunicado divulgado na noite de terça (16), a Rio 2016 anunciou que, embora não tenham atingido o tempo necessário para passar à final, Hamblin e D'Agostino poderão brigar por uma medalha na corrida da próxima sexta (19).
Além das duas atletas, a organização também decidiu dar uma vaga na decisão à austríaca Jennifer Wenth, a outra corredora afetada pela colisão entre Hamblin e D'Agostino. A final dos 5.000 metros acontece na próxima sexta-feira (19), e está marcada para as 21h40.

Olimpíadas: Japonesa Kaori Icho é a única mulher tetracampeã olímpica


A japonesa Kaori Icho se tornou nesta quarta-feira (17) a primeira mulher tetracampeã olímpica em provas individuais ao conquistar a medalha de ouro na luta estilo livre na Rio-2016. Com este título e os de Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012, ela se junta a um seleto rol de atletas que venceram em quatro edições diferentes de Jogos Olímpicos.
Além de Kaori, apenas o nadador Michael Phelps (EUA), o multiatleta Carl Lewis (EUA), o arremessador de disco Al Oerter (EUA) e os velejadores Ben Ainslie (Reino Unido) e Paul Elvstrom (Dinamarca) conquistaram medalhas de ouro em quatro Olimpíadas em eventos individuais.

Olimpíadas: Vai ter Brasil X Alemanha


Sem grandes problemas, os alemães venceram a Nigéria por 2 a 0 nesta quarta-feira, na Arena Corinthians, e se classificaram para enfrentar o Brasil, que venceu por 6 X 0, na final olímpica do próximo sábado, no Rio de Janeiro. A Alemanha vai em busca de um ouro inédito, como o Brasil também, no primeiro confronto com os brasileiros desde o 7 a 1 de 2014. Um jogo que já é histórico antes mesmo de começar.
O Brasil garantiu uma medalha no futebol masculino olímpico ao golear Honduras por 6 a 0 e avançar à final contra a Alemanha, rival que a torcida estava louca para enfrentar depois do 7 a 1 da semifinal da Copa do Mundo de 2014. Na pior das hipóteses, a de nova derrota, os brasileiros subirão ao pódio para colocar a prata no peito.