quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Veranópolis: Tem final de veteranos de futsal no Poliesportivo

Antônio Prado: Seu Júlio, goleiro aos 80 anos

O amigo Samuel Rodrigues enviou uma matéria, que saiu no jornal Pioneiro de Caxias, falando do seu Julio Zaniol, que aos 80 anos continua jogando futebol. Seu Júlio é um exemplo nesta região que valoriza a terceira idade. A matéria destaca o amor pela cidade, as lembranças, inclusive uma penalidade máxima defendida, e a alegria de jogar duas vezes por semana. Parabéns seu Júlio pelo exemplo e amor pelo esporte.

Veranópolis: Coluna do Estafeta desta semana, falando da Palugana. Confira:

Vi e gostei! Na segunda feira passada na câmara de vereadores foi apresentado o projeto da nova Palugana. Não fui, desculpe prefeito, “meaculpa”, não lembrei, grave falha minha, por isso peço desculpas. Mas fui atrás para saber melhor os detalhes deste projeto. 
Gostei do que vi, e torço muito para que se realize em seu todo, e se puder um pouco mais. Pista para caminhada, quadra esportiva, pista de skate, parque infantil, academia ao ar livre, praça com bancos, árvores, reforma das arquibancadas, rua de acesso, reforma dos vestiários e estrutura para o VEC, tudo no espaço que comporta.
Quando concluído, me parece que ficará lindo e muito bem aproveitável. O “um pouco mais”, significa alguns detalhes importantes; hoje, segundo informações do pessoal da corrida de rua, especialmente meu querido Chumbinho, o Vanderlei Zanotto, a atual pista tem 366 metros, uma oficial tem 400 metros, falta pouco para termos lá uma pista oficial. 
Quem sabe apertando aqui ou ali, possa se ter uma pista oficial. Outro detalhe, meu grande colega de rádio, o Tiago Rauber Verruck, sugeriu uma concha acústica, é uma boa ideia, afinal um parque pode comportar shows, quem sabe sobre um lugar para isso também. São sugestões, que podem ser aproveitadas ou não, mas o importante é que temos um projeto. Quanto vai demorar para se tornar realidade não sei, depende de aporte financeiro, mas, meu desejo é que fique pronto logo, o mais rápido possível. 
O prefeito Valdemar e sua equipe deixaram bem claro que são necessários recursos, e que a obra será realizada em etapas, que serão necessários cerca de dois milhões, sendo que de quinhentos a seiscentos mil reais já estão disponíveis, dinheiro vindo de emendas parlamentares. Segundo eles, a primeira parte deverá acontecer ainda este ano, e quem sabe, não pare até o final. Que bom, tenho certeza que os homens que construíram o estádio a muito tempo atrás, colocando pedra por pedra, tijolo por tijolo estão felizes, e ficarão muito mais quando a obra for concluída, e aí, teremos um espaço digno para o esporte e lazer, local que será único em toda a nossa região. Vamos em frente.