sexta-feira, 20 de junho de 2014

Pelo segundo ano AAV recebe recursos da Fundação do Esporte e Lazer do RS

O Projeto Sociedade Esportiva Educar desenvolvido pela AAV a mais de 10 anos receberá pelo segundo ano recursos oriundos da Fundação do Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul. A entidade veranense participou do edital 001/2014 para Apoio a Projetos Sociais na Área do Esporte e Lazer juntamente com projetos de todo o estado. Neste edital foram classificadas 17 entidades que receberão verba para aquisição de material esportivo. A assinatura do convênio aconteceu no dia 13 de junho e contou com a presença do Sr. Ricardo Petersen secretario estadual do esporte, do Sr. Cláudio Augusto Silva Gutierrez presidente da FUNDERGS e do Flavio Barcellos coordenador técnico da AAV. A Associação mantém seu projeto com o apoio financeiro da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Esportes e com a aprovação da Câmara de Vereadores. A verba que será recebida qualificará ainda mais o atendimento das 600 crianças e adolescentes que frequentam as atividades esportivas no turno inverso ao escolar.

Fifa convoca sete da Costa Rica para antidoping; goleiro considera ato 'desrespeitoso'

Bryan Ruiz foi um dos convocados para fazer o exame após o jogo.
Logo após a surpreendente classificação da Costa Rica nesta sexta-feira, quele que é considerado o "Grupo da Morte" da Copa do Mundo 2014, a Fifa cometeu uma atitude "desrespeitosa" com a equipe caribenha - ao menos nas palavras do goleiro Keylor Navas. Ele foi apenas mais um entre os sete convocados costarriquenhos para a realização do antidoping após a vitória por 1 a 0 contra a Itália, na Arena Pernambuco, em Recife.

Keylor Navas, Celso Borges, Bryan Ruiz, Joel Campbell, Yeltsin Tejeda, Christian Bolaños e mais um jogador ainda não identificado foram os membros da Costa Rica chamados pela Fifa ao exame antidoping. Após o incidente, o goleiro disse que "se sentiu até meio mal" pela atitude da Fifa, considerada "desrespeitosa" - vale lembrar que normalmente a entidade convoca somente dois atletas por time, mas pode chamar quantos quiser.
"Você tem que levar isso com bom humor, pois no final todos nós estamos calmos e felizes de seguir em frente. Eles (da Fifa) podem fazer o que quiserem, são as regras que colocam, se for necessário trazer toda a equipe não vamos ter problema nenhum também", continuou o jogador.
O capitão da equipe, Bryan Ruiz, por sua vez, também fez coro às palavras de seu companheiro de seleção. "Me pareceu um pouco exagerado, mas não podemos fazer nada sobre isso. Não temos nada a esconder. Nos preparamos bem, sem ter uma substância ilegal qualquer. Supõe-se que as pessoas não acreditam que nós estamos realmente fazendo isso (se classificando)", definiu o atleta.
"Eles estão disponíveis, não temos nenhum problema em fazer isso, mas talvez sete é muito exagerada", finalizou Bryan Ruiz.
A Costa Rica se classificou nesta sexta-feira depois de vencer a Itália, avançando em uma chave que ainda tinha mais dois ex-campeões mundiais: o Uruguai e a Inglaterra, esta já eliminada precocemente.

Reforma da cobertura do Ginásio Poliesportivo é concluída




Na última quarta-feira, 18, a reforma na cobertura do Ginásio Poliesportivo Leonir Antônio Farina foi concluída. Com o objetivo de evitar as constantes infiltrações de água que ocorriam desde a construção, foram instaladas novas telhas de aluzinc ondulado, formando uma cobertura sanduíche, sobre lã de rocha e perfis cartola. Segundo o secretário de Esportes, o investimento evita contratempos nos eventos e atividades regulares desenvolvidas no ginásio. “Esta reforma beneficiará toda comunidade veranense e seus usuários, entre eles a Associação Atlética Veranópolis”, disse o secretário. A obra teve custo de R$ 196.400,61 aos cofres públicos e foi realizada pela empresa Montagem de Estruturas Zafa LTDA, vencedora da licitação.