quinta-feira, 5 de maio de 2016

Confira a convocação oficial da Seleção Brasileira


Gauchão 2016: Conheça a taça que Inter ou Juventude poderão erguer no domingo.


O troféu destinado ao campeão do Gauchão da temporada de 2016, que sairá da disputa entre Inter e Juventude, no próximo domingo, no Estádio Beira-Rio, será apresentado na nova sede da Federação Gaucha de Futebol na Capital.
O que você vê acima é a imagem da taça, ainda em fase final de acabamento. A peça mede 80cm de altura e pesa cerca de 10 quilos e foi criada no ateliê do escultor Caé Braga. 

Julinho Camargo é o novo técnico do Boa Esporte


Conhecedor do futebol gaúcho, revelador de talentos como Thiago Silva (PSG) e Lucas Leiva (Liverpool) e com passagem por clubes como Grêmio (time principal e base), Inter (auxiliar no profissional e treinador na base), Caxias, Veranópolis, Novo Hamburgo, Pelotas, Brasil-Fa e RS Futebol, o técnico Julinho Camargo vai enfrentar Juventude e Ypiranga na Série C nacional, que começa nos dias 21 e 22 de maio. O treinador porto-alegrense foi contratado pelo Boa Esporte, de Varginha (MG), e se apresenta na segunda-feira junto com o auxiliar Ivan Brito Soares.
No ano passado, Julinho treinou o Goiás em boa parte do Brasileirão e obteve alguns resultados expressivos, como as goleadas de 3 a 0 no São Paulo, no Morumbi, e no Vasco, no Serra Dourada. No início de 2016, assumiu o Brasília no Candangão e na Copa Verde. O projeto não decolou e o técnico saiu no final de março.
Aos 45 anos, Julinho Camargo vai trabalhar pela primeira vez em Minas Gerais. O Boa Esporte estreia dia 22 de maio no duelo mineiro contra o Tombense, em Varginha. Na quarta rodada, dia 13 de junho, o Boa recebe o Juventude. O confronto diante do Ypiranga está marcado para a 8ª rodada, em 10 de julho, no Colosso da Lagoa, em Erechim.

CBF adquire software para avaliar árbitros



A arbitragem do Campeonato Brasileiro 2016 contará com uma novidade: o uso de um software de análise de desempenho dos árbitros. A plataforma, desenvolvida pela Sportstec, servirá como ferramenta educativa e de apoio para o trabalho desenvolvido pelos árbitros. A cada partida, um analista de desempenho ficará responsável por registrar todos os lances que considerar importante - ou que sejam alvo de polêmica - como faltas, pênaltis e ou lances que possam ser de caráter educativos para o futuro. Os registros ficarão em uma nuvem para que, posteriormente, o árbitro receba o feedback sobre sua atuação. O objetivo é utilizar os registros para orientar os árbitros e aumentar a qualidade do trabalho desenvolvido. Além disso, o material será utilizado nos cursos de formações realizados pela CBF.
– Vamos conseguir revolucionar a arbitragem através desse processo de retroalimentação dos árbitros nas partidas – disse Alício Pena Junior, diretor-presidente da Escola Nacional de Árbitros de Futebol (ENAF).
Para o trabalho, a CBF selecionou instrutores brasileiros com formação no Curso Futuro III. O treinamento faz parte do Programa de Assistência à Arbitragem (RAP) da FIFA em parceria com a Comissão de Arbitragem da CBF (CA-CBF) e a Escola Nacional de Árbitros de Futebol (ENAF).
A ferramenta passa a ser usada no próximo dia 14 (sábado), primeiro dia de Brasileirão.