sábado, 9 de fevereiro de 2013

VEC perdeu em casa e a luz vermelha começou a piscar. É hora de acertar.

O momento é muito difícil para o VEC. Na vida do Pentacolor este é o momento mais complicado, que faz com que a direção olhe para o futuro com medo, mas ao mesmo tempo olhe com coragem para o problema que hoje o time vive. Contratou jogadores, mudou o técnico e tentou colocar o dedo na ferida. Colocou, tentou mudar, mas parece pouco. A direção vai ter que machucar e exigir mudança de postura de alguns jogadores. A defesa voltou a mostrar problemas, e nós, tanto na rádio como aqui no blog já apontamos este problema. Achamos que o primeiro reforço deveria ter sido aí, mas não foi. A transição da defesa para o ataque é lenta, e é necessário colocar ali um jogador que possa dar mais rapidez ao time. Por incrível que pareça, os adversários chegam muito pouco ao gol pentacolor, e quando chegam marcam os gols que decretam a derrota do time pentacolor. O Veranópolis tem mais dois jogos nesta fase, quarta contra o Passo Fundo lá, e domingo que vem o Grêmio em Porto Alegre. 
Agora o torcedor do VEC tem que pensar positivo e Julinho tentar acertar agora o que der para depois tendo mais tempo, e uma nova pré temporada ajustar esta equipe de 2013. Difícil o momento, o mais complicado dos últimos anos, mas, não impossível. Por aqui sempre passaram bom jogadores, bons times. Será que estes jogadores e este time poderá ficar marcado negativamente na história pentacolor? Acho que ninguém quer isso. Então, é hora da virada. Que todos possam fazer por merecer!

Notas de VEC X Cruzeiro


VEC
João Ricardo - 7
Ednei - 7
Fredi - 6
Jonas - 5
Juca - 6
Saulo - 5
Marcio Reis - 6
Eduardinho - 7
Juninho - 7
Valdo - 6
Lê - 8
Entraram no VEC: Maikon Assis, no intervalo, nota 6
Leandro Rodrigues s/n e Jucemar nota 6

Técnico: Julinho Camargo - 7

CRUZEIRO
Fábio - 9
Marcio - 6
Claudio - 7
Léo Carioca - 7
Marcelo - 6
Alberto - 7
João Pedro - 6
Fábio Nunes - 6
Faísca - 7
Jô - 7
Paulinho - 7
Jogaram ainda: Reinaldo - 5. Almir s/n  e Jean s/n

Técnico: BenHur - 7

Arbitro: Jean Pierre - 8

Adversário do VEC foi assaltado.

O Cruzeiro de Porto Alegre teve a sua sede administrativa roubada na manhã de sexta-feira. O presidente Dirceu de Castro, do Cruzeiro revelou que o fato ocorreu por volta das 11 horas da manhã, quando o vice presidente, João Lopes chegava ao escritório de um dirigente do clube. Os criminosos levaram 90 mil reais. Segundo o presidente o Cruzeiro vai buscar de alguma forma o dinheiro e deve realiza rum empréstimo para quitar o pagamento aos atletas e funcionários do clube. O vice presidente João Lopes não sofreu nenhum ferimento.