domingo, 6 de fevereiro de 2011

Veranópolis vira e vence Inter por 2 X 1

Definitivamente, o estádio Antônio David Farina não remete boas lembranças para os colorados. Assim como em 2007, quando o então time campeão do mundo foi eliminado do Gauchão no último minuto, o Inter de 2011 também perdeu na derradeira volta do cronômetro. Outra vez por 2 a 1, complicando a classificação às quartas de final da Taça Piratini. Apresentando as mesmas dificuldades ofensivas do ano passado, a equipe de Celso Roth abusou dos cruzamentos ao invés das conclusões. Damião abriu o placar no primeiro tempo, mas Bahia, golaço de fora da área, e Alê viraram na etapa complementar para o Veranópolis. O resultado manteve os colorados com 12 pontos na Chave 1 e fez o VEC saltar a terceira colocação no outro grupo, com 10. Querendo fazer do Antônio David Farina uma prévia das adversidades que que encontrará em gramados pela América, o Inter mostrou um futebol ofensivo no início, mas depois aos poucos o Veranópolis equilibrou o jogo, inclusive criando boas oportunidades de gol. O Inter no segundo tempo tentou marcar mas parou nas mãos de Luiz Müller, o camisa 1 do VEC foi o destaque do jogo da 96,1 FM. Os estreantes Fred, Carlos Alberto e Bahia foram muito bem, e o Veranópolis reencontrou o caminho das vitórias

 
Veranópolis 2
Luiz Müller; Fred, Sananduva e Anderson Bill; Raulen, Neto, Alê, Carlos Alberto (William), Bahia (Júlio Maranhão) e Rodrigo Ninja; Anderson Lobão (Gilson). Técnico: Leandro Machado.

Inter 1
Lauro; Nei, Índio, Sorondo e Kleber; Wilson Matias, Guiñazu, Tinga (Glaydson) e Andrezinho (Alex); D'Alessandro e Leandro Damião. Técnico: Celso Roth.

Gols: Leandro Damião (3/1º); Bahia (21/2º), Alê (48/2º)
Cartões amarelos: Anderson Lobão, Sananduva, Carlos Alberto e Bahia (V); Tinga (I);
Árbitro: Márcio Coruja.
Local: estádio Antônio David Farina, em Veranópolis.