domingo, 20 de janeiro de 2019

Veranópolis: Pentacolor empatou na estreia, e agora encara o Novo Hamburgo na quarta-feira

Fotos: MasterLynK


Se não foi a estreia dos sonhos, com a vitória, foi jogo da soma do primeiro ponto, e em primeiro lugar, se não der para vencer, o não perder é importante. Assim o VEC marcou um ponto, perdeu dois que deverão ser recuperados no decorrer do campeonato. 

O início do Pentacolor não foi bom, demorou um pouco para se encontrar em campo, e assustou seu torcedor que viu Marcos Paraná, ex-VEC, marcar seu primeiro gol no campeonato deste ano. Depois do baque inicial, o Veranópolis foi aos poucos equilibrando o jogo até chegar a uma leve superioridade.

O Pentacolor chegou ao empate ainda na primeira etapa, o gol veio dos pés do capitão Juba, que de penalidade máxima chegou a igualdade no marcador. O gol foi aos 39 minutos, e a falta se originou de um voleio do lateral Jadson, com a bola indo em direção ao gol, e parando na mão de Mauricio. 


A penalidade causou uma reclamação muito grande por parte de jogadores e direção do Avenida. No decorrer da primeira etapa o jogo foi muito truncado, muitas faltas e reclamações, como consequência cartões amarelos e a expulsão de um membro da comissão técnica e, como está no regulamento, o técnico do Avenida Fabiano Daitx também teve que sair. O jogo na primeira etapa, em virtude das paralisações e reclamações se estendeu até os 52, quando finalmente Éder Zanella apitou seu final. Na segunda etapa o VEC teve bons momentos e também dificuldades, mas poderia ter saído sim com a vitória. Juba acertou a trave, Geninho o travessão da meta do goleiro Andrey e Patrick, que entrou na segunda etapa, obrigou o goleiro a fazer boa defesa.


No decorrer da partida deu para ver que o VEC ainda sofre com alguns problemas, o que não é novidade para uma equipe em construção, especialmente a questão das bolas de ligação direta, sem passar pelo meio campo, e os erros de passes. Como esses são problemas de equipes novas, e o VEC monta uma a cada ano, vai ter que acertar no decorrer da competição. 

Para o próximo jogo, contra o Novo Hamburgo no Estádio do Vale, o técnico Sananduva ganhara jogadores que não puderam atuar neste primeiro jogo, o que abrirá alternativas que não puderam ser usadas na estreia. Porta tanto, todos sabem; como o campeonato é curto, a soma de pontos é fundamental e serão necessários pelo menos 13 para atingir o primeiro objetivo. O craque do jogo escolhido pela equipe de esportes da 96,1 FM, e que recebeu o troféu da Ótica Visual foi Juba, o autor do gol Pentacolor.


Ficha Técnica

Local: Estádio Antônio David Farina, em Veranópolis

Data: 19 de janeiro de 2019, sábado
Horário: 19 horas 

VERANÓPOLIS
Reynaldo; Lito,Negretti, Geninho e Jadson; Kaio, Everton Dias, Juninho (Talles Cunha); e Taiberson (Túlio Renan), Juba, Macena (Patrick). Técnico: Sananduva 

AVENIDA
Andrey; Felipe Cordeiro, Luís Henrique, Claudinho e Roger; Jô, Carlinhos, Tito (Mateus), Marcos Paraná (Alexandre) e Maurício; Flávio Torres (Welder). Técnico: Fabiano Daitx

Gols: Marcos Paraná (Avenida) - 13 min/1ºT; Juba (Veranópolis) - 40 min/1ºT

Cartões amarelos: Jadson, Taiberson, Everton Dias (Veranópolis); Jô, Tito, Marcos Paraná, Maurício e Carlinhos (Avenida)

Arbitragem: Eder Zanella, com Maurício Coelho Penna e Claiton Timm