domingo, 22 de maio de 2011

Grêmio perdeu de virada

De virada, o Corinthians venceu o Grêmio por 2 a 1, neste domingo, na estreia do Campeonato Brasileiro. Jogando no Estádio Olímpico, Douglas marcou, de pênalti, para o time da casa e Chicão, também em cobrança de penalidade, e Liedson marcaram para o Timão. Ambos os pênaltis foram contestáveis. O lance sobre Leandro, segundo os jogadores do Corímthians, sequer foi dentro da área. O pênalti sobre Liedson foi um pouco mais claro e a chuteira do atacante até rasgou, mas, mesmo assim, os gremistas reclamaram muito da marcação do árbitro que teve atuação fraca na condução do jogo. O primeiro tempo da partida foi morno, sem grandes lances de perigo, mas as duas equipes voltaram ligadas para a segunda etapa e deixaram a partida com um pouco mais emoção.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO 1 X 2 CORINTHIANS
Estádio: Olímpico, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 22/5/2011 - 16h
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Auxiliares: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Carlos Berkenbrock (Fifa-SC)
Renda/público: R$ 378.291,00 / 19.002 pagantes
Cartões amarelos: Luis Ramírez, Paulinho, Chicão e Jorge Henrique (COR)
Cartões vermelhos: -
GOLS: Douglas, 13'/2ºT (1-0); Chicão, 20'/2ºT (1-1); Liedson, 27'/2ºT (1-2);
GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Saimon, Rodolfo (Escudero 38'/1ºT ) , Neuton; Fábio Rochemback, Adilson (Willian Magrão 33'/2ºT ), Lúcio e Douglas; Leandro e Júnior Viçosa (Lins 26'/2ºT ). Técnico: Renato Gaúcho.
CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro, Chicão, Leandro Castán, Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Luis Ramírez (Lins 34'/2ºT )e Morais (Danilo 10'/2ºT); Willian (Jorge Henrique 34'/2ºT ) e Liedson. Técnico: Tite.

Inter 1 X 1 Santos

Um jogo sem emoção, com movimentos previsíveis e times sem nenhuma inspiração. Uma ou outra jogada mais lúcida, como nos lances dos dois gols, e só. Santos e Internacional estrearam no Brasileirão 2011 de forma enfadonha. O Peixe, sem nenhum titular em campo, atuou como se fosse visitante, aguardando algum vacilo vermelho para tentar surpreender. O Inter, por sua vez, tinha a bola, esteve melhor distribuído em campo, mas não conseguiu superar o time santista. Resultado: um 1 a 1 normal. O Peixe conseguiu manter a escrita: jamais perdeu para gaúchos na Vila, em Campeonatos Brasileiros.
O Santos entrou em campo com um time tão reserva que nem Muricy Ramalho estava no banco. Gripado, ele não foi à Vila Belmiro comandar o time que armou para poupar os titulares, guardados para as semifinais da Taça Libertadores. O auxiliar Marcelo Martelotte ficou à beira do campo. O Inter, não. Fora da competição continental - foi eliminado nas oitavas de final - o Colorado mandou a campo o melhor time possível. D’Alessandro, Andrezinho e Nei, machucados, não puderam estar na Vila Belmiro. O restante da equipe é o mesmo que o torcedor colorado está acostumado a ver.
Mais qualificada tecnicamente, a equipe gaúcha manteve a bola sob o seu comando durante a maior parte do primeiro tempo. Um meio de campo consistente, formado por Guiñazu, Bolatti, Tinga e Oscar, trocava passes certos, tentando aprofundar jogadas para Zé Roberto e Leandro Damião. A princípio, a bola não chegava, pois a marcação santista esteve atenta. Isso acabou tornando o jogo um tanto quanto monótono. O Santos, retraído e desentrosado, tentava explorar algum erro do Internacional. Apesar de escalado com três zagueiros (Bruno Aguiar, Vinícius e Bruno Rodrigo), o Peixe não jogava no 3-5-2, mas num 4-4-2 como o rival, com Bruno Aguiar caindo pela direita, mas apenas marcando, e Alex Sandro na lateral esquerda, saindo só na boa.


SANTOS 1 X 1 INTERNACIONAL
Aranha, Bruno Aguiar, Bruno Rodrigo e Vinícius; Pará, Charles, Possebon (Anderson Carvalho), Felipe Anderson e Alex Sandro; Keirrison, Tiago Alves (Rychely) Renan, Daniel, Bolívar, Juan e Kleber; Guiñazu, Bolatti (Fabrício), Tinga e Oscar (Cavenaghi); Zé Roberto (Ricardo Goulart) e Leandro Damião.
Técnico: Marcelo Martelotte (interino) Técnico: Falcão
Gols: Keirrison, aos 28, Zé Roberto, aos 34 minutos do primeiro tempo.
Cartões amarelos: Charles, Bruno Aguiar (Santos), Bolatti, Daniel (Inter)
Local: Vila Belmiro. Data: 21/5/2011. Árbitro: Sandro Meira Ricci. Auxiliares: Marrubson Melo Freitas e Carlos Emanuel Manzolillo. Público e renda: 4.532 pagantes/R$ 78.170,00

Fonte: Globo.com