sexta-feira, 30 de maio de 2014

Inter contratou o lateral-direito Wellington Silva

Uma nova opção para a a lateral direita do Inter chegará ao Beira-Rio, por empréstimo, na parada para a Copa do Mundo. Wellington Silva, 26 anos, está contratado pelo clube até o final da temporada. Jogador estava escanteado no Fluminense, tinha interesse em deixar as Laranjeiras e era sonho antigo dos cartolas do Beira-Rio há, pelo menos, duas janelas de transferências. Pedido pelo técnico Abel Braga ao início do ano, Wellington Silva não desembarcou na Capital pois o Fluminense complicou a negociação. A intenção dos cariocas era um troca-troca entre jogadores, mas o Inter não tinha interesse em reduzir o plantel. Há cerca de um mês, as negociações esquentaram novamente. Com passe fixado, o Inter tem opção de, ao final da temporada, adquirir 50% dos direitos federativos de Wellington Silva.  

Ex presidente do Santos, " diz que dinheiro da venda de Neymar incluiu orgia em Londres"


Duas semanas após renunciar à presidência do Santos, Luis Alvaro Ribeiro voltou a disparar contra o pai de Neymar, a quem fez duras críticas por conta da negociação com o Barcelona (ESP). Aos 71 anos e com 41kg a menos do que quando dirigia o Peixe, o ex-dirigente deu uma polêmica entrevista ao site ESPN.com.br.

Luis Alvaro chegou a dizer que agridiria o pai do craque se o encontrasse e soltou até palavrões:

“Nesses 90 milhões de euros estavam incluídos o dinheiro do cafezinho do pai do Neymar e uma orgia no hotel Piccadilly, em Londres. Porque ele cobra qualquer coisa. Ele nunca me pagou um café. E eu paguei uns 200 cafés para ele. Então, esses 90 milhões são exagerados. Isso inclui p.... Achava que o pai do Neymar era meu amigo. Mas hoje não quero ver na frente do meu carro: em vez de brecar, eu acelero. Não estendo a mão para ele. E, se estender, é para dar uma porrada”, desabafou.

Ele também chamou o atual técnico do Corinthians, Mano Menezes, de "filho da p...", por ter prometido a dispensa de Neymar de um jogo da Seleção Brasileira e não ter cumprido.

Afastado do dia a dia alvinegro desde o ano passado, Luis Alvaro teme até pelo rebaixamento santista.

“Eu estou temeroso pela segunda divisão. E pior. Temo que o Santos vire um time permanentemente medíocre. Um Linense. Um São Bento de Sorocaba. Um Guarani, que de vez em quando dá um salto. Se continuarem gastando assim... O Damião, R$ 42 milhões que devemos. Pagamos 10% ao ano de juro, R$ 4,2 milhões. E R$ 500 mil de salário. Ele custa R$ 900 mil por mês”, afirmou Alvaro.

Grêmio e OAS oficializam aditivo da Arena


Será no início da próxima semana que Grêmio e OAS tornarão pública a assinatura do aditivo da Arena. Após reunião na noite de quinta feira, em que o presidente Fábio Koff e o diretor superintendente da OAS/Arenas, Carlos Eduardo Paes Barreto, selaram o acordo, uma cerimônia no auditório do estádio marcará a oficialização do acerto.

— O contrato será assinado na segunda ou na terça-feira. Será uma cerimônia com a presença dos conselheiros — afirmou Koff em contato com a imprensa.


Com a alteração contratual no negócio da Arena, fica oficializada a redução do custo de migração dos associados de R$ 43 para R$ 12 milhões. Em 2015, o custo será de R$ 15 milhões. Nos anos que faltarem até o fim da sociedade, a migração custará R$ 18 milhões. O clube também receberá R$ 12 milhões, que serão usados na conclusão do CT do Humaitá e na instalação de sua área administrativa na Arena. E também terá direito a 2% sobre o valor de cada imóvel que for comercializado pela OAS na área do Olímpico.
Os termos do aditivo haviam sido firmados dia 18 de junho passado. Ao longo de quase um ano, a assinatura sofreu diversos adiamentos. O último deles por conta da recusa do Grêmio em receber a Arena alienada aos bancos que haviam liberado o empréstimo de R$ 275 milhões para a sua construção. Como a empresa conseguiu substituir as garantias, ficou aberto o caminho para a assinatura