quinta-feira, 10 de março de 2016

Gilmar Dal Pozzo e Lucianinho completam 6 meses no Náutico com ótimo aproveitamento


Com 66,7% de aproveitamento, a dupla Gilmar Dal Pozzo e Lucianinho, completou seis meses no comando do Náutico na quarta-feira (9). O treinador tem 20 jogos no Timbu e quer alcançar o título Pernambucano e o acesso para ficar marcado na história do clube.

“O título é um desafio pessoal e encontrei um clube que está buscando há bastante tempo. Espero que isso aconteça com trabalho, dedicação e envolvimento, mas pensando em etapas”, comentou Dal Pozzo, que assumiu o Alvirrubro em 9 de setembro durante o Brasileiro da Série B e levou o Náutico ao quinto lugar, com 64,3% de aproveitamento sob seu comando, que foi maior do que o do campeão, o Botafogo, que teve 63,2%.


Nos 20 jogos no Timbu, sendo 14 pela Série B e seis pelo Pernambucano, a dupla tem 12 vitórias, quatro empates e quatro derrotas. “Estou muito feliz pelos resultados e também pela maneira como nossa equipe está jogando desde a minha chegada. Consegui implantar um conceito de futebol”, afirmou o técnico. “Estou satisfeito, mas tenho consciência que a equipe tem de evoluir mais”, acrescentou.

O técnico avaliou o desempenho da equipe no início do Estadual. “Posso garantir que estamos numa condição boa, dentro daquilo que eu esperava. Ficou provado que podemos enfrentar os adversários de igual para igual. As boas atuações nos credenciam na disputa pelo título”, analisou.


A trajetória:
Clubes
Veranópolis/RS (2008)
Pelotas/RS (2008)
Veranópolis/RS (2009-2010)
Novo Hamburgo/RS (2010)
Pelotas/RS (2010-2011)
Veranópolis/RS (2011-2012)
Chapecoense/SC (2012-2014)
Criciúma/SC (2014)
ABC/RN (2015)

Títulos
– Taça SC (2014)
– Copa FGF – Taça Lupi Martins (2008)

Conquistas pessoais
– Único treinador no país a ascender duas divisões seguidas com a mesma equipe (2012-2013)
– Acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro (2013)
– Top da Bola/SC – Troféu de Prata (2013)
– Vice-campeão do Campeonato Catarinense (2013)
– Acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro (2012)
– Campeão do Interior – Gauchão (2008)

Números da dupla no Náutico
Brasileiro Série B - 2015
América - MG 2 X 1 Náutico - PE
Náutico - PE 1 X 1 Atlético - GO
Paysandu - PA 0 X 1 Náutico - PE
Náutico - PE 3 X 0 ABC - RN
Oeste - SP 2 X 0 Náutico - PE
Náutico - PE 1 X 0 Mogi Mirim - SP
Santa Cruz - PE 1 X 3 Náutico - PE
Náutico - PE 1 X 4 Botafogo - RJ
Vitória - BA 2 X 3 Náutico - PE
Náutico - PE 2 X 0 Paraná - PR
Macaé - RJ 1 X 1 Náutico - PE
Náutico - PE 1 X 1 CRB - AL
Náutico - PE 1 X 0 Bahia - BA
Bragantino - SP 0 X 2 Náutico - PE

Jogos: 14
Vitórias: 8
Empates: 3
Derrota: 3
Aproveitamento: 64,3%

Pernambucano 2016
Náutico 2 x 0 Santa Cruz
Central 0 x 2 Náutico
Náutico 1 x 0 Salgueiro
América 0 x 1 Náutico
Sport 2 x 0 Náutico
Náutico 1 x 1 Sport

Jogos: 6
Vitórias: 4
Empates: 1
Derrota: 1
Aproveitamento: 72,2%

Geral
Jogos: 20
Vitórias: 12
Empates: 4
Derrotas: 4
Aproveitamento: 66,7%

Comunicação CNC

Gauchão 2016: Daniel Nobre Bins apita o jogo do VEC. Veja os demais jogos com arbitragem da nona rodada


A arbitragem do Campeonato Gaúcho já foi escalada, Daniel Nobre Bins vai apitar Brasil X VEC. Confira aqui a Nona rodada do Gauchão 2016, jogo por jogo e que trabalhará nestes jogos

Gauchão 2016: São José é líder com menor público. VEC conforme borderô coloca media de mil, e Grêmio é o de melhor público


O público extraordinário do GreNal da Arena ajudou a puxar a média do Grêmio, colocando o time do técnico Roger Machado bem à frente no ranking do Gauchão. O Grêmio, portanto, é o primeiro, média de 14.545 torcedores. O Inter é o segundo, com quatro jogos em casa em vez dos cinco do rival, média de  9.667. O destaque fora do eixo GreNal é a fanática torcida do São Paulo-RG, em terceiro lugar (3.299), à frente de Juventude (3.089) e Brasil-Pel (3.001). Detalhe: Aldo Dapuzzo e Bento Freitas estão parcialmente liberados. Ainda assim, emparelham com o Alfredo Jaconi. A decepção é o São José. Incrivelmente, o líder do Gauchão joga para quase ninguém no Passo D'Areia: 533 pessoas testemunhas. O lanterna é o Novo Hamburgo, cuja comunidade não abraça o clube mesmo: 140. 
Seis não chegam a mil de média: Veranópolis, São José, Aimoré, Cruzeiro, Lajeadense e Noia. Lembrando que no caso do VEC, não são contados os donos de cadeiras, banquetas e pacotes de arquibancada, que no caso leva para dentro do estádio mais de 1.200 pessoas. O que é computado no borderô, são os ingressos vendidos no dia dos jogos.  Partidas com portões fechados não entraram na conta. 
A média geral caiu em relação a 2015, até a 8ª rodada: 3.426 do ano passado contra 3.237 de agora. Números ruins, mas que poderiam ser melhores se os estádios do Interior fossem utilizados integralmente, e não com interdições desta ou daquela arquibancada. 2016 está sendo o de melhor público no ADF dos últimos anos, graças ao trabalho forte de marketing realizado pelo clube.

Campeonato Brasileiro: Grêmio e Corinthians, e Inter e Chapecoense na primeira rodada do brasileirão 2016

A CBF apresentou aos clubes nesta quinta-feira a tabela da Série A do Brasileirão de 2016. O Grêmio estreia fora de casa contra o Corinthians, e na sequência recebe o Flamengo. O Inter joga a primeira partida contra a Chapecoense, em casa, e em seguida visita o São Paulo. As duas primeiras rodadas serão no fim de semana. Já a terceira ocorrerá no meio de semana, com jogos nos dias 25 e 26 de maio.
1ª RODADA
14 ou 15 de maio

Botafogo x São Paulo
Flamengo x Sport
Corinthians x Grêmio
Palmeiras x Atlético-PR
Atlético-MG x Santos
Inter x Chapecoense
Coritiba x Cruzeiro
Figueirense x Ponte Preta
América-MG x Fluminense
Santa Cruz x Vitória

2ª RODADA
21 ou 22 de maio

Vitória x Corinthians
Fluminense x Santa Cruz
São Paulo x Inter
Santos x Coritiba
Cruzeiro x Figueirense
Grêmio x Flamengo
Atlético-PR x Atlético-MG
Chapecoense x América-MG
Ponte Preta x Palmeiras
Sport x Botafogo