terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Vamos trocar uma ideia?

No último domingo o jogo do Veranópolis contra o Juventude causou um estrago muito grande. Além da derrota que naturalmente faz estragos, nesse jogo foi bem pior, pois deixou o Pentacolor na lanterna do campeonato. A derrota derrubou o técnico Sananduva, que teve interrompida sua caminhada como técnico do VEC. Sananduva é um técnico jovem, que acompanha o futebol, trabalha muito e é dedicado...mas meus amigos, o futebol é impiedoso, e se as vitórias não vem...quem perde o emprego é o treinador. Sananduva é batalhador e tem o pensamento positivo, vai sim ser um ótimo profissional. A derrota também colocou a torcida em rota de choque com a direção, e houve protestos ao final da partida, fato incomum nestes 25 anos de primeira divisão gaúcha, e inédita, tanto para dirigentes como para torcedores. Depois deste tsunami no ADF no domingo, a segunda feira foi “puxada” para a direção Pentacolor, que teve que buscar o tal “fato novo”, para tentar ainda um milagre no Campeonato Gaúcho deste ano. Consequência...a saída do técnico Sananduva. Pois bem, esta é a nova realidade do clube, tem mais quatro jogos dois em casa e dois fora de casa, sendo que o primeiro será na segunda-feira que vem na Arena contra o Grêmio. Depois do jogo em Porto Alegre vai acontecer uma parada no campeonato que voltará somente depois do carnaval, e isso significa que o novo técnico, Hélio Vieira, terá quase uma mini pré-temporada para poder buscar este “milagre”, e segurar o VEC no gauchão de 2020. Torcedor Pentacolor, vale a pena acreditar, afinal o Veranópolis Esporte Clube já passou por outros apertos e se safou. Sim, este é o mais difícil, mas temos que acreditar e torcer para que funcione, e que todos nós possamos parar de sofrer com a situação do momento.

Outro detalhe, e este é um recado para a direção Pentacolor...como já foi dito, é uma situação inédita para todos, e a imprensa não é a culpada pelo que está acontecendo, se fala ou escreve sobre a crise por que passa o Veranópolis, esta apenas fazendo seu papel. A imprensa quer o bem do clube, e isso quer dizer que nunca torce pelo mal das pessoas, e sim pelo bem de todos e sucesso em suas empreitadas. Como é um fato, repito, inédito em nosso futebol, falar, perguntar e escrever é da profissão e não significa querer ver o circo pegar fogo...bem ao contrário, é ajudar a encontrar caminhos. As vezes por estar vivendo a crise, ou mesmo não querer admitir uma situação, e bem mais fácil apontar o dedo para o outro...mas não esqueçam, neste 27 anos, 25 da elite....a grande maioria das vezes foram mais elogios do que críticas.

Veranópolis: Hélio Vieira foi apresentado e já iniciou seu trabalho no VEC


Assumiu na tarde desta terça-feira dia 19, o novo treinador do Veranópolis Esporte Clube. Hélio Vieira foi apresentado ao grupo de jogadores por volta das 16 hora no vestiário no CT Alsemiro Laurino Guzzo, na Palugana. Estavam presentes além dos presidentes Gilberto Generosi e Vilson Roncatto, o vice Gilnei Fávero e o gerente de futebol Ademir Bertoglio. Uma ausência sentida na tarde de apresentação foi a do diretor de futebol Dirceu Paulo Salla. A imprensa não pôde assistir a apresentação do novo técnico Pentacolor. O teor da conversa no vestiário da Palugana não se sabe, o que a imprensa ficou sabendo, é o teor da nota oficial divulgada pelo site do clube. Na notícia o destaque para um campeonato de quatro jogos, e a colocação de Hélio em relação ao grupo de atletas, e sua confiança que tudo vai dar certo, e que por este motivo aceitou o convite para treinar o Pentacolor neste curto período. Confira a noticia oficia do site.

Um campeonato de 4 jogos, essa foi a tônica do discurso da nova liderança Pentacolor. O plantel, assim como toda a liderança, acredita na possibilidade de permanência na primeira divisão, que enfrentará 2 jogos fora e 2 em casa. "Passado o confronto contra o Grêmio na segunda-feira, dia 25 de fevereiro, na Arena, o grupo terá 2 semanas de trabalho antes do confronto contra o Pelotas no ADF. Precisando 3 vitórias, o novo comandante Hélio Vieira frisou o quanto acredita na capacidade de cada atleta e que aceitou o convite justamente por acreditar em uma recuperação. Assim, sem esmorecer, a equipe começou imediatamente após a apresentação um treino físico. 
Aos torcedores e admiradores do Veranópolis Esporte Clube vale a torcida e apoio, pois momentos difíceis fazem parte do esporte. Vale ressaltar que a inconformidade com a situação atual deve nos levar a brigar arduamente pela permanência na primeira divisão do campeonato Gaúcho".

MasterLynK