sábado, 14 de maio de 2011

Curiosidades do GRENAL


Mais de um século de história trazem inúmeras marcas e curiosidades. Este é o Gre-Nal 387, que decidirá o Gaúcho de 2011, o MIX ESPORTE  traz algumas estatísticas em relação ao clássico Gre-Nal.
A vantagem:  O Grêmio começará o jogo como campeão. Para perder essa condição, o Tricolor terá de ser derrotado por dois gols de diferença ou por um a partir do 4 a 3. A última vez em que o Inter foi ao Olímpico e conseguiu uma vantagem que lhe daria o campeonato foi em 2004, quando venceu por 3 a 1.
Os números: Na história, os colorados estão na frente. São 144 do Inter contra 122 vitórias gremistas. Ocorreram 120 empates. Os vermelhos foram às redes 548 vezes contra 511 dos azuis, totalizando 1.059 gols.
O maior artilheiro: Carlitos, ponteiro esquerdo colorado, vestiu a camisa do Inter por 13 anos, marcou 42 gols em 62 clássicos disputados. Ninguém conhece mais o caminho das redes na história dos Gre-Nais.
No Olímpico: Na atual casa gremista foram disputados 119 Gre-Nais. Vantagem para os empates. Em 46 oportunidades, o clássico não teve vitorioso no Olímpico. O Grêmio venceu 40 vezes contra 33 do Inter.
O tabu: O Inter precisa fazer uma façanha que não ocorre há algum tempo. A última vez em que os colorados ergueram uma taça no Olímpico foi no Gauchão de 1982, na vitória por 2 a 0, com dois gols de Geraldão.
No ano: Esse será o quarto clássico do ano. O primeiro, o Inter com a equipe B e o Grêmio com o time reserva, foi histórico. Disputado em Rivera, no Uruguai, a vitória gremista por 2 a 1 marcou o primeiro clássico no exterior.
Na decisão do segundo turno, a partida terminou empatada por 1 a 1. Nos pênaltis, os colorados venceram por 4 a 2.
No último domingo, de virada, o Grêmio comemorou a vitória por 3 a 2 no primeiro jogo da decisão do Campeonato Gaúcho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar.