quarta-feira, 2 de julho de 2014

Com um time no primeiro e outro no segundo tempo, Inter perde amistoso para o Metropolitano

O Inter perdeu o Metropolitano, por 3 a 2, no primeiro amistoso da intertemporada realizada em Santa Catarina, no estádio do Sesi, em Blumenau. Na primeira etapa, os suplentes perderam por 2 a 0. Na segunda etapa, Abel Braga mudou todo o time e conseguiu reagir, marcando gols com D’Alessandro de pênalti e Alan Patrick, que acabou expulso ao acertar uma cotovelada em um adversário. Abel Braga optou por iniciar o amistoso com o time reserva e escalou a seguinte equipe: Alisson; Wellington Silva, Índio e Alan Costa; Alan Ruschel, Ygor, Cláudio Winck e Sascha; Valdívia, Luque e Wellington Paulista. E o rendimento inicial não foi bom. Em 14 minutos, Alessandro e Tozin marcaram dois gols para o Metropolitano. Luque, que ficou de fora do jogo-treino do último sábado para fazer um trabalho especial, teve desempenho regular, mas foi o responsável pelas principais jogadas dos reservas no primeiro TEMPO e ainda recebeu um cartão amarelo por chutar uma bola após o árbitro parar o jogo. Na melhor oportunidade, o estreante cruzou e Wellington Paulista cabeceou próximo a meta defendida por Dida. 


“Foi uma droga, vamos tomar uma bronca (do Abel Braga no vestiário). Entramos com sono do caramba”, afirmou Wellington Paulista. 


No segundo tempo, Abel Braga mudou todo o time e colocou em campo a seguinte escalação: Muriel, Gilberto, Ernando, Juan, Fabrício, Willians, Wellington, Alan Patrick, Jorge Henrique, D'Alessandro e Rafael Moura. Com as mudanças, o Inter iniciou pressionando, mas foi o Metropoliano que ampliou com Tozin. Aos 19 min, Rafael Moura foi derrubado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. D’Alessandro cobrou e descontou. No minuto seguinte, Rafael Moura aproveitou um erro da saída de bola da defesa catarinense roubou a bola e passou para Alan Patrick, que diminuiu a diferença. Metropolitano 3x2. Após os gols, o Inter seguiu pressionando. Porém, aos 38 minutos, Patrick deu uma cotovelada em um adversário e acabou expulso. D’Alessandro se envolveu na confusão e acabou saindo do jogo também.