quinta-feira, 24 de julho de 2014

Internacional suspende duas torcidas organizadas que brigaram

O Internacional suspendeu duas torcidas organizadas que brigaram entre si após a vitória sobre o Flamengo no Beira-Rio, no último domingo. O clube anunciou, nesta quinta-feira, que os integrantes da Guarda Popular e da Nação Independente estão proibidos de ir ao estádio nas próximas duas partidas do time utilizando faixas, instrumentos musicais e uniformes que possam identificá-los. Assim, os torcedores não poderão assistir aos jogos contra o Ceará, na próxima quarta-feira, válido pela Copa do Brasil, e contra o Santos, no dia 3, pelo Campeonato Brasileiro.
A briga aconteceu em um posto de gasolina a cerca de três quilômetros do estádio, segundo informou o Internacional. Dos 11 torcedores envolvidos na confusão, seis eram sócios do clube, e vão ser expulsos. Os outros cinco não poderão se associar. No mesmo dia, o lateral do Flamengo André Santos foi agredido por torcedores do clube carioca também fora do Beira-Rio.
Confira a nota do Internacional:
"O Sport Club Internacional suspendeu as torcidas organizadas Guarda Popular e Nação Independente pela briga entre seus integrantes depois do jogo entre Inter x Flamengo em frente a um posto de gasolina a cerca de três quilômetros do estádio. Os integrantes das duas torcidas não poderão utilizar suas faixas, instrumentos musicais e não terão acesso ao estádio como integrantes de organizada pelos próximos dois jogos no Beira-Rio. Além disso, os seis associados que estavam na lista dos 11 envolvidos na briga estão excluídos do quadro social do Clube. Os outros cinco envolvidos não poderão se associar ao Clube mais".