quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Passo Fundo reverte pontos no STJD e Esportivo é rebaixado

O Esportivo está oficialmente rebaixado para a Divisão de Acesso de 2015. Em julgamento na tarde desta quinta-feira, no STJD, no Rio, o Passo Fundo conseguiu reverter os oito pontos perdidos na punição pela escalação supostamente irregular do meia Paulo Josué durante o Gauchão 2014. Com isso, o clube de Bento Gonçalves caiu na classificação geral para o 14º lugar e foi junto com o São Luiz e o Pelotas para a segunda divisão. Momentaneamente, o Esportivo estava de volta à primeira divisão do futebol gaúcho desde o julgamento de seu recurso no mesmo STJD, em 17 de julho. O clube havia recuperado seis dos nove pontos perdidos no caso de racismo contra o árbitro Márcio Chagas, que haviam sido impostos pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Gaúcha de Futebol. Já o Passo Fundo havia sido punido pelo TJD com a perda de oito pontos pela escalação de Paulo Josué, ex-Juventude. O STJD deu parecer favorável no recurso por quatro votos a dois, alegando que houve falha processual no pagamento do processo. Com a pontuação de volta, o Passo Fundo se livrou do rebaixamento. Não cabe mais recurso de ninguém na esfera esportiva, só na Justiça Comum, o que o Esportivo não deve fazer.
A situação no Gauchão 2014 ficou assim após o julgamento desta quinta:
13º - Passo Fundo, com 19 pontos (estava com 11 momentaneamente, mas recuperou oito pontos no STJD. No campo, fez 19);
14º e rebaixado - Esportivo, com 13 pontos (tinha sete pontos após a perda de nove dos 16 que conquistou no campo, mas foi a 13 com a recuperação de seis pontos no STJD)
15º e rebaixado - São Luiz, 11 pontos;
16º e rebaixado - Pelotas, com 8 pontos.