quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Clássico catarinense promove reencontro entre Dal Pozzo e sua “cria”

Depois da vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-PR na quarta-feira, o próximo compromisso da Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro será o clássico com o Criciúma, no próximo sábado, na Arena Condá. Além da rivalidade regional, a partida terá uma dose extra de emoção. Será o dia do reencontro de Gilmar Dal Pozzo, maior treinador da história do Verdão do Oeste, com o clube que treinou e promoveu às Séries A e B em 2014 e 2013, respectivamente. Entre os jogadores que já estiveram sob o comando do treinador está o lateral direito Fabiano. O curioso é que o atleta atuava como zagueiro e foi Dal Pozzo que o colocou na posição de lateral, que exerce há dois anos. Apesar das críticas à modificação estrutural na época, foi na função atual que Fabiano cresceu de forma incontestável e se destacou, atraindo a atenção de clubes brasileiros e do exterior. No próximo sábado, o elenco da Chape e Dal Pozzo vão lutar em lados opostos na briga contra o rebaixamento, mas a gratidão dos jogadores que atuaram sob o comando supera a rivalidade entre os clubes. Será um reencontro entre criador e criatura.
"Sou muito grato ao professor Gilmar. Foi ele quem chegou e disse que queria me colocar na lateral direita. No começo fiquei um pouco receoso e sentia dificuldades, mas ele me deu muita confiança e isso ajudou bastante na minha carreira", afirmou o jogador.
Ele acrescenta que não se vê mais como zagueiro, pois na nova posição tem mais liberdade para chegar ao ataque e também arriscar chutes de fora da área, ao mesmo tempo em que sua origem lhe permite estar mais atento à marcação. Sobre as expectativas do reencontro, Fabiano não sabe o que esperar, mas analisa que por conhecer bem o elenco adversário, o técnico do Tigre tentará usar isso a seu favor.
"Sinceramente não pensei ainda no reencontro com ele. Vai ser inusitado, claro, porque não só eu, como a maior parte do grupo remanescente da Série C e B tem enorme carinho e reconhecimento com o Gilmar. Será um jogo muito difícil porque a gente sabe que ele vai armar uma equipe competitiva. Ele conhece cada um de nós aqui e tentará anular as nossas jogadas. Independente disso o receberemos muito bem aqui em Chapecó, por toda história que ele construiu conosco", garantiu Fabiano.
Chapecoense e Criciúma se enfrentam no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), pela 25º rodada do Brasileirão. O Verdão figura na 14º posição com 27 pontos, enquanto a equipe litorânea está na vice-lanterna, com 23.