domingo, 28 de setembro de 2014

ESPORTIVO MASTER PERDE, E SE COMPLICA NO ESTADUAL MASTER !

O Esportivo Master não conseguiu repetir as boas atuações que o classificaram para as semifinais. O começo da partida foi de muito estudo entre os dois times, com os jogadores concentrados entre as duas intermediárias. A partir dos 10 minutos, porém, o Feliz EC avançou pela esquerda e colocou a bola na área, Zimmer, o camisa 9, abriu o placar. Feliz 1a X 0. O Esportivo tinha no apoio do lateral direito Jorge a principal opção ofensiva, enquanto que o Feliz usava a velocidade e a habilidade de Zimmer para puxar os ataques. Na reta final do primeiro tempo, o Esportivo aumentou o ritmo e tentou de todas as maneiras o empate, mas o placar ficou inalterado. O Esportivo voltou para o segundo tempo com uma postura muito mais ofensiva, tanto que, desde os primeiros minutos, pressionou o Feliz EC, tentando acuar o adversário no campo de defesa. O alviazul criou boas chances com Cover,Dirnei e Clever, mas o goleiro Arnhold fez boas defesas. Após falha da equipe de Bento Gonçalves, a bola sobrou para Luft entrar pela lado esquerdo e cruzar a bola para Kich de cabeça fazer Feliz 2 a 0. Atacando os visitantes por todos os lados, os donos da casa conseguiram descontar o marcador num chute cruzado de Dirnei, o zagueiro Hens tentou tirar e de cabeça colocou a bola no próprio gol: Esportivo 1 x 2 Feliz.
O ânimo e as forças da equipe da Capital do Vinho foram se arrefecendo com o passar do tempo, e o Feliz passou a controlar o jogo. O placar apertado, entretanto, manteve o suspense até o final. O Esportivo foi valente, mas não conseguiu o empate. Resta agora no jogo de volta no dia 19 de outubro, o alento de seguir lutando para vencer no tempo normal por qualquer resultado, e depois conseguir nas penalidades a chance de disputar a final do campeonato.

ESPORTIVO: Janio; Jorge, Raquete, Kide e Sperotto; Rossato,Elvis,Neco e Marquinhos; Ricardo e Cover. Reservas: Maizena,Mauri,Mattei,Darci,Luciano,Clever,Gilberto,Renato,Ademir, Dirnei,Perci. Técnico : Cabide( Raul Camerini)

FELIZ : Arnhold; Ludwig,Hens,Zanella e Zirbes; Luft , Ruschel, Viana, e Pleusser; Zimmer e Kich. Técnico: Remi Hahn
Árbitro: Gumercindo auxiliado por Jair e Wenceslau (trio canoense)