quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Francisco Novelletto: Uma relação histórica de parceria

FGF, através de seus patrocinadores e parceiros, tem uma lista de iniciativas que apoiam, e muito, os clubes em suas necessidades

por Francisco Novelletto, presidente da Federação Gaúcha de Futebol


É assim que se pode definir a relação entre Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e seus clubes filiados. Cercada de iniciativas inovadoras e construtivas, a FGF, através de seus patrocinadores e parceiros, tem uma lista de iniciativas que apoiam, e muito, os clubes em suas necessidades. A lista se inicia pelos valores de cota de patrocínio de televisionamento, sempre repassados na integralidade aos clubes. Ainda, todos os patrocínios angariados pela FGF são e sempre foram repassados sem qualquer tipo de comissionamento. Ao contrário das demais federações. Os clubes das divisões de acesso e 2ª divisão do Estado não pagam taxas há nove anos. Lembrando: a FGF sobrevive das taxas. Anualmente, a FGF avaliza uma série de contratos de antecipação de recursos através de empréstimos realizados pelos clubes junto a entidades privadas. Viabilizando assim a participação de nossas equipes em competições nacionais, pois as verbas oriundas da CBF não cobrem nem mesmo as despesas de logística. Neste ano a FGF finalizará a construção de uma imponente sede, sede dos clubes. Construída com recursos da comercialização do Naming Rights do prédio. Isto mesmo! Passam 50 mil pessoas todos os dias em frente à sede, viabilizando comercialmente o empreendimento. Ainda em 2014 viabilizou, aos torcedores, a troca de pontos no programa nota fiscal gaúcha por ingressos, cobrindo boa parte dos custos de arbitragem. Cabe a lembrança de que há vários anos a FGF fornece ingressos, bolas oficiais, seguros obrigatórios, fiscalização, transferência de atletas, isenção da taxa de 10% sobre a bilheteria e demais despesas subsidiadas aos clubes da 1ª divisão, Acesso e 2ª divisão. Ainda para dar suporte aos clubes, a FGF estruturou um departamento para construção de projetos incentivados, para que estes possam fortalecer suas categorias de base através do ICMS das empresas gaúchas. Mesmo com todo este apoio dado aos clubes, a FGF não recebe, como outras federações, uma série benefícios oriundos da CBF. Dentre estes benefícios, temos o valor de R$ 100 mil mensais a título de apoio às federações e a verba de representação de R$ 15 mil mensais aos presidentes. Dentre todos estes benefícios, cabe ressaltar a forte e histórica parceria com patrocinadores e empresas de comunicação. Tornar-se parceiro da FGF é incorporar-se à parte da estrutura que subsidia a coloca nosso futebol em campo. Além disto, cabe ressaltar que um patrocinador da FGF tem a maior visibilidade e retorno que o futebol proporciona no Estado. São 10,5 milhões de torcedores, 128 jogos, 64 transmitidos em TV aberta e pay per view. Cerca de 500 mil expectadores nos estádios. Emprego para nossos atletas, treinadores e todo o staff que colabora para fazer o maior campeonato de futebol do Rio Grande do Sul.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar.