quinta-feira, 14 de maio de 2015

Contraprova de exame dá positivo, e Magrão será julgado

Depois de revelar o seu drama pessoal antes de uma partida decisiva do Gauchão, o volante Magrão, ex-Corinthians, Palmeiras e Inter, irá passar por julgamento no TJD-RS. A contraprova do exame antidoping acusou positivo para substâncias irregulares e o jogador será denunciado pela Procuradoria do tribunal gaúcho. A denúncia deve acontecer na próxima semana, após o despacho feito pelo presidente do tribunal, Roberto Pimentel. Um defensor dativo foi delegado para o jogador. Depois dos trâmites previstos para casos de doping, já que há defesa preliminar, o julgamento ocorrerá, provavelmente em duas semanas. A jurisprudência para casos de doping dá poucas brechas para uma pena branda. No entanto, o fato de Magrão ter usado as substâncias por conta da doença pode modificar o panorama. O que pode até mesmo terminar em absolvição - ou, pelo menos, em uma punição mais leve.