quarta-feira, 27 de maio de 2015

Inter classificado para a semifinal da Libertadores


Em jogo dramático, o Inter venceu o Independiente Santa Fé por 2 a 0, na noite de quarta-feira, no Beira-Rio, e está nas semifinais da Libertadores da América. Juan e Rafael Moura anotaram os gols que garantiram a classificação colorada. O confronto de ontem teve dois tempos distintos. Precisando vencer por dois gols de diferença, o Inter deu pinta de que abafaria o adversário desde o início quando, aos 2 minutos, D‘Alessandro cobrou escanteio, Sasha desviou de cabeça e a bola sobrou para Juan mandar para a rede, abrindo o placar. O Colorado, contudo, não aproveitou a vantagem na etapa inicial e recuou. O Santa Fé, apesar do toque de bola, não chegou a ameaçar. O Inter voltou com outra postura no segundo tempo e pressionou desde o início.
O Colorado sufocou o Santa Fé que, cometendo tantas faltas, teve Mosquera e Anchico expulsos. Com dois a mais, o Inter infernizou o rival nos minutos finais. Aos 42, D’Alessandro cobrou escanteio no primeiro pau, e Rafael Moura junto ao zagueiro cabeceou para fazer 2 a 0. Porém, o árbitro Victor Carrillo deu gol contra de Mina, que desviou após a cabeçada do He-Man. Depois, aos 44, Lisandro López errou o alvo duas vezes na cara de Castellanos. Mas não fez falta: Inter classificado.


Inter - 2
Alisson; William, Ernando, Juan e Geferson (Rafael Moura); Rodrigo Dourado, Aránguiz, Sasha (Valdívia), D'Alessandro e Lisandro López; Nilmar (Alex). Técnico: Diego Aguirre.

Santa Fé - 0
Castellanos; Anchico, Mina, Meza, Mosquera; Roa, Torres, Seijas e Perez (Perlaza); Morelo (Otálvaro), Páez (Rivera). Técnico: Gustavo Costas. 

Gols: Juan (2min/1ºT) e Rafael Moura (42min/2ºT)
Cartões amarelos: Páez, Mosquera, Omar Pérez, Anchico (S); Geferson, Lisandro López, Aránguiz (I). 
Expulsões: Mosquera e Anchico (S).
Arbitragem: Victor Hugo Carrillo, auxiliado por Jonny Bossio e Víctor Ráez (trio peruano).
Público: 44.665
Local: Beira-Rio