segunda-feira, 4 de maio de 2015

Washington não faz mais parte da direção do Caxias


A turbulência do Caxias após o rebaixamento no Gauchão teve novo capítulo nesta segunda-feira. O clube anunciou nesta segunda-feira que Washington deixou o cargo de vice de futebol. De acordo com a diretoria, a decisão teria ocorrido de comum acordo com o ex-atacante. Em seu perfil no Facebook, o agora ex-dirigente grená atribuiu sua saída a um choque de opiniões com os atuais dirigentes. 

"Não compactuo com a forma que algumas decisões estão sendo tomadas pelo clube e, por esse motivo, entreguei o meu cargo para o presidente Nelson Rech Filho", publicou Washington.

Um dos pontos que teriam sido motivo de discórdia entre Washington e a diretoria do Caxias envolve o meia Souza. Anunciado como reforço para a Série C, o ex-jogador de Fluminense, São Paulo e Grêmio teve seu desligamento do clube anunciado no domingo.

Confira a nota oficial publicada por Washington

"Torcedor grená, venho através desta nota comunicar que deixei o cargo de vice-presidente de futebol da S.E.R. Caxias nesta segunda-feira. Entendo que é o momento de me afastar e deixar que o futebol do clube tome novos rumos. Não compactuo com a forma que algumas decisões estão sendo tomadas pelo clube e, por esse motivo, entreguei o meu cargo para o presidente Nelson Rech Filho.

Agradeço ao torcedor do Caxias pelo incondicional apoio que deu ao clube durante do Campeonato Gaúcho e que em todos os jogos demonstrou seu amor pelo clube, nos orgulhando e enchendo de forças para lutar dentro de campo. Infelizmente os resultados em campo não vieram. Tenho a certeza de que o clube é maior do que as pessoas. O Caxias vai se reerguer pela força de sua torcida".