terça-feira, 30 de junho de 2015

Ex zagueiro do VEC Vagner Garibaldi vai se aposentar aos 25 anos

Saber a hora de deixar os gramados é uma decisão difícil para os atletas experientes. Para os jovens então é mais complicado ainda. Terminar com um sonho de forma prematura é doloroso. O zagueiro Vagner Garibaldi, que disputou a Divisão de Acesso pelo Santa Cruz, anunciou em entrevista exclusiva a Repórter Angélica Varaschini, da Rádio Imembuí, que está deixando o futebol profissional. O defensor alega a desmotivação e um sequência de duas lesões para ter tomado a decisão aos 25 anos. 

"Estou parando com 25 anos, novo ainda devido algumas lesões graves, que nunca tinha sofrido. Nos últimos dois anos tive lesões sérias e o tempo parado chegou a um ano. Estou largando, pois para jogar futebol tem que estar motivado e focado. E eu não quero tirar o espaço de alguma pessoa que esteja motivada para jogar", revelou o zagueiro.

Um dos motivos que levou Garibaldi a se aposentar foi uma lesão grave que sofreu na Série A2 deste ano pelo Santa Cruz, na partida contra o Pelotas, no estádio dos Plátanos. O jogador bateu com a cabeça no gramado, após sofrer uma cama de gato. Ele contou que ficou desacordado e só recuperou os movimentos do corpo horas após, no hospital. 

"Essa lesão me assustou muito. Foi um choque com o chão. Sofri uma cama de gato e bati de nuca no gramado. Acordei só no hospital, onde passei alguns dias. Perdi alguns movimentos do corpo e depois de um tempo foi voltando ao normal", contou o jovem.

Garibaldi também agradeceu toda a assistência prestada pelo Santa Cruz durante a internação após o trauma na cabeça: 

"Quando a assistência que o Santa Cruz me deu não tenho o que reclamar. Fui muito bem assessorado tanto em transporte, exames e tudo", disse. 

O presidente do Santa Cruz, Tiago Rech elogiou a postura do atleta dentro e fora do campo.

"É uma pena que ele tenha optado pela aposentadoria. Além de grande jogador, é um baita profissional. Nesse ano em que atuou conosco foi um exemplo de dedicação e comprometimento. Nossa atitude não poderia ter sido diferente se não dar toda assistência ao atleta", falou o mandatário do galo. 

Apesar de estar desanimado com o futebol, o zagueiro se disse feliz por esses anos nos gramados do interior e pelos amigos que fez.

"Estou feliz por tudo que fiz no futebol, pelos amigos, mas um conjunto de fatores me faz mudar de planos para a vida", finalizou o atleta. 

Vagner Garibaldi jogou pelo VEC e foi campeão do interior pelo Pentacolor, também teve passagem recente pelo Internacional de Santa Maria. Na temporada de 2014, ele disputou a Série A2 pelo time alvirrubro.

Fonte: Peleia