segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Piloto Justin Wilson morre após sofrer impacto na cabeça em corrida da Fórmula Indy

O diretor geral da Fórmula Indy Mark Milles anunciou, na noite desta segunda-feira, a morte do piloto britânico Justin Wilson, de 37 anos. Ele sofreu forte trauma na cabeça após ser atingido por um pedaço de carenagem do carro de outro competidor Sage Karam, nesse domingo na prova de Pocono. A peça atingiu o capacete de Wilson a mais 300 km/h e, com o piloto desacordado, seu carro ainda sofreu um segundo impacto contra o muro de proteção. Nascido em Sheffiel, na Inglaterra, Wilson deixa sua esposa e duas filhas.
Wilson foi campeão da Fórmula 3000 em 2001 com quase o dobro de pontos que o australiano Mark Webber. Apesar do potencial, sempre teve problemas com a grande altura. Medindo 1m98, é o piloto mais alto a já ter competido na Fórmula 1. Ele estreou na categoria em 2003 com a Minardi. No fim do ano, substituiu o brasileiro Antônio Pizzonia na equipe Jaguar e conseguiu somar seu único ponto com um oitavo lugar no Grande Prêmio dos Estados Unidos.
Em 2004 estreou na Fórmula CART com a equipe Conquest e foi 11º no campeonato, com um 4º posto no México. Foi vice-campeão em 2006 e 2007, acumulando quatro vitórias. Na Fórmula Indy, a primeira corrida foi em 2008 com a Newman Haas, vencendo no ano de estreia a etapa de Detroit. Foram três vitórias na categoria, com o melhor ano em pontuação curiosamente sem subir no degrau mais alto. Em 2013, com a Dale Coyne, foi sexto no certame. Também teve sua melhor performance nas 500 Milhas de Indianápolis. com o quinto lugar.