sábado, 3 de outubro de 2015

Kita, ex-atacante do Inter, Grêmio e Seleção Brasileira morre aos 57 anos em Passo Fundo

Kita(de barba), no Internacional
Morreu neste sábado, aos 57 anos, o ex-atacante Kita, que conquistou a medalha de prata com a seleção brasileira nas Olimpíadas de 1984, em Los Angeles, e passou por clubes como Flamengo, Grêmio, Inter, Atlético-PR, Inter de Limeira e Figueirense nos anos 1980. A informação foi confirmada pelo hospital Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT), de Passo Fundo, Rio Grande do Sul. 
Kita(agachado de barba), no Grêmio
João Lethardt Neto foi internado em estado grave na última quinta-feira no hospital e não resistiu a complicações decorrentes do diabetes e de um câncer. O corpo esta sendo velado em Passo Fundo, no Memorial Vera Cruz. Kita já havia enfrentado problemas de saúde em 2011, quando realizou cirurgia para reconstituir os ligamentos do tornozelo esquerdo e contraiu uma infecção hospitalar.
Kita no Flamengo
Na época, o ex-jogador foi internado em estado grave na UTI do Hospital Prontoclínica e teve de amputar parte do pé esquerdo. Natural de Passo Fundo, Kita foi revelado pelo Juventude em 1983, sob o comando de Luiz Felipe Scolari, quando foi artilheiro do Gauchão, com 15 gols. No ano seguinte, foi contratado pelo Internacional. Pelo Colorado, o atacante anotou 34 gols e conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de 1984, ao lado de atletas como Dunga e Mauro Galvão.