segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Veranópolis: VEC, hora de juntar os cacos, e retomar o gauchão!


É hora de juntar os cacos, remobilizar o grupo para buscar objetivos mais simples, mas não menos importantes, eu diria, até mais importantes que a série D do Brasileiro. É hora de lutar pela manutenção do Campeonato Gaúcho de 2017. É a hora de entrar em campo a humildade, hora de rever conceitos, de vestir a camisa literalmente!
O VEC perdeu mais um jogo neste campeonato, agora faltam nove, e adversários difíceis estão chegando. O time do técnico Winck exagerou em perder gols, vieram as oportunidades e mais uma vez as chances foram desperdiçadas. O que mais chama atenção, é que o adversário não tem uma equipe de exceção, é um time igual ou até inferior ao VEC, mas novamente o Pentacolor perdeu para ele mesmo. Não fez gols, e errou em momentos onde o erro não podia ter aparecido. O VEC contra o Ypiranga perdeu penalidade, teve jogador expulso, mostrou nervosismo e saiu de Erechim com mais uma derrota na conta. 
O discurso deve mudar, repito humildade, essa é a palavra a ser usada. Chega de promessas, e jogadores que não valorizam a camisa que vestem, o Veranópolis não vai fazer gol a hora que bem quiserem, já mostrou isso em campo. O Pentacolor mostra que tem alguns jogadores desinteressados, que estão aqui somente pelo salário, de passagem! E isso não é a realidade do time que nasceu e cresceu na primeira divisão. Será que este grupo vai ficar marcado como o que rebaixou o Pentacolor? Acho que ninguém quer ficar com esta marca. 
No jogo o começo foi ruim, depois, no decorrer da partida o time equilibrou as ações, e em um certo momento foi melhor que o adversário. O Pentacolor perdeu inúmeras oportunidades, tanto é verdade que a quipe de esportes da 96,1 FM escolheu Carlão, o goleiro do Ypiranga como destaque do jogo, mas o volume de chances não resultaram em gol, e para piorar a zaga falhou e sofreu o segundo gol. Zambi o atacante mais efetivo do VEC nos últimos jogos foi expulso, lance que parece ter sido involuntário do atacante, mas foi punido com sua saída do jogo. 
Agora o Veranópolis tem uma semana de trabalho pela frente para no final dela enfrentar o São Paulo de Rio Grande, time que vem bem no gauchão. Mudar de postura, vestir a camisa, humildade em todos os sentidos, este deve ser o caminho Pentacolor de agora em diante. Jogadores que até agora não mostraram bom futebol, e que chegaram como solução deverão começara a jogar mais, porque aqui, somos todos torcedores, inclusive a imprensa, mas chega uma hora que é necessário defender o que é nosso, o VEC. Força Veranópolis!