quinta-feira, 3 de março de 2016

Gauchão 2016: Raio X do campeonato. O VEC é um dos piores. Confira

O esportche.rs montou um um raio x do Campeonato Gaúcho. Nas sete rodadas já realizadas com 49 jogos, e 125 gols marcados. A média é de 2.55 por jogo. Confira tudo. O VEC tem o pior ataque, nunca esteve fora da zona perigosa, e o pior mandante, e esteve no jogo com a maior renda. 


ARTILHEIROS: Brenner do Juventude tem sete gols e Heliardo do São José tem seis.

MELHOR ATAQUE: Grêmio com 14 gols

MELHOR DEFESA: São José que sofreu apenas três gols

PIORES ATAQUES: Veranópolis e Cruzeiro com quatro gols

PIORES DEFESAS: Passo Fundo, Aimoré e Cruzeiro com 13 gols

.:: TIPOS DE GOLS ::.
Dentro da área = 71 gols
Fora da área = 17 gols
Pênalti = 15 gols
Cabeça = 13 gols
Falta = 4 gols
Contra = 4 gols
Olímpico = 1 gol
-> Foram 55 gols marcados no primeiro tempo e 70 na etapa complementar

RESULTADOS MAIS COMUNS
2 a 1 em 12 jogos e empate em 1 a 1 em oito partidas
Vitória dos mandante = 21
Vitória dos visitantes = 14
Empates = 14

TROCAS DE TÉCNICOS = 5
Passo Fundo = saiu Ben Hur Pereira para entrada de Paulo Porto
Cruzeiro = saiu Zaluar para entrada de Ben Hur Pereira
Lajeadense = saiu Rodrigo Carpegiani para entrada de Edson Porto
Glória = saiu Clemer para entrada de Rodrigo Bandeira
Aimoré = saiu Abel Ribeiro para entrada de Leandro Machado

LÍDERES: São José em três rodadas, Grêmio e Juventude em duas

ZONA DE CLASSIFICAÇÃO
São José, Juventude, Grêmio, Inter e Ypiranga sempre estiveram entre os oito primeiros

Aimoré, Cruzeiro e Veranópolis nunca estiveram entre os oito primeiro

ZONA DE REBAIXAMENTO 
Cruzeiro sempre esteve entre os três últimos
Também estiveram nela: Aimoré, Brasil, Lajeadense, Passo Fundo e Veranópolis

LANTERNA
Cruzeiro por quatro rodadas e Passo Fundo por três rodadas

MANDANTES
Inter, Juventude, Grêmio e São Paulo fizeram nove pontos em 12 disputados
Os piores são Veranópolis e Lajeadense com apenas um ponto conquistado em casa

VISITANTES
O São José é um visitante amargo: dos 12 pontos disputados, conquistou dez
Novo Hamburgo, Glória e Ypiranga conquistaram apenas um ponto jogando fora de casa

ARBITRAGEM
18 árbitros diferentes foram utilizados no 49 jogos disputados até aqui
-> Francisco Neto e Leandro Vuaden foram os que mais atuaram: 5 jogos
-> Já tiraram o cartão amarelo do bolso em 252 oportunidades (5 por jogo)
-> Jean Pierre Lima foi o árbitro que mais “amarelou”: 28 em quatro jogos (7 por jogo)
-> Glória foi o time que mais levou amarelos: 25
-> Internacional foi o que levou menos amarelo: 9 
-> Já tiraram 10 vermelhos do bolso
-> Leandro Vuaden foi o árbitro que mais mostrou cartões vermelhos: 3
-> Brasil de Pelotas foi o time que mais recebeu vermelhos: 4
-> A sétima rodada foi a com maior número de cartões: 48 amarelos e dois expulsos

PÚBLICO PAGANTE: 121.633 pagantes em 47 jogos – Média: 2.588 por jogo
Não contam para média os jogos do Cruzeiro com portões fechado: (1×2 JUV e 1×1 LAJ)

MAIOR PÚBLICO: 14.503 torcedores em Inter 1×2 Veranópolis no estádio Beira-Rio em 24/02

MAIOR PÚBLICO NO INTERIOR: 6038 torcedores em Rio Grande: São Paulo 3×2 Grêmio no estádio Aldo Dapuzzo em 24/02

MENOR PÚBLICO NO INTERIOR: 71 torcedores no jogo Lajeadense 1×2 São José na Arena Alvi-azul no dia 24/02

MELHOR MÉDIA DE PAGANTES
Inter – 9967
Grêmio – 6972
São Paulo – 3299 = 1.º do interior

PIOR MÉDIA DE PAGANTES
Novo Hamburgo – 140 – Pior média de público entre os 14 times.

Fonte: esportche.rs