quarta-feira, 2 de março de 2016

Veranópolis: Melhor o ponto do que o futebol. VEC empatou em Passo Fundo


Pode comemorar o ponto conquistado pelo Veranópolis em Passo Fundo, torcedor. Mas o futebol, não. O VEC empatou na noite de terça feira no Vermelhão da Serra, conquistou um ponto, e ainda está entre os times da parte de baixo da tabela. O time Pentacolor não fez uma boa partida de futebol, foi eficiente sim na parte defensiva, mas deixou a desejar  na armação e finalizações. 
Fotos: Luana Trentin
Na primeira etapa ainda, o técnico Luiz Carlos Winck teve que corrigir um problema que estava acontecendo  do lado esquerdo do time, Massari estava sobrecarregado, e Paulista não conseguia resolver o problema por ali, teve que ser substituído. Depois da modificação o Veranópolis se consolidou defensivamente, mas fazia muita ligação direta e não trabalhava a bola no meio campo. A conseqüência disso era atacantes correndo muito e produzindo pouco. Neste jogo, não ouve uma evolução como foi colocado, e sim uma retomada, a defesa voltou a ser eficiente e segura. Winck ainda precisa acertar o meio campo, e ainda, para complicar o trabalho do treinador, perdeu mais dois jogadores para o próximo compromisso. Igor e Reginaldo Junior, estão fora da partida contra o Aimoré no domingo no ADF, os dois receberam o terceiro amarelo. 
Douglão, destaque Ótica Visual/96,1 FM
Winck em sua coletiva de final de jogo, ventilou a possibilidade de se buscar mais um jogador, este para atuar na lateral, mas convenhamos; faltam seis jogos, e alguém para vir agora é bastante complicado. Mesmo com problemas, o Pentacolor tem condições melhores na tabela de classificação, pois do sexto colocado até o último do gauchão, as equipes estão com pontuação pequena, e uma vitória pode colocar a equipe em posição melhor, por isso a expectativa positiva em relação a fuga do rebaixamento.  O jogo de domingo é de vida ou morte, o Pentacolor continua no fio da navalha. O craque do jogo Ótica Visual/96,1 FM foi o zagueiro Douglas do VEC.