domingo, 15 de maio de 2016

Jogador do Boca acendeu cigarro no vestiário e foi pra rua

O atacante Pablo Osvaldo não deve jogar mais pelo Boca Juniors. O atacante foi afastado pelo técnico Guillermo Barros Schelotto por ter acendido um cigarro no vestiário do estádio Gran Parque Central, onde foi realizada a partida Nacional e o time argentino, pelas quartas de final da Copa Libertadores. Segundo a imprensa argentina, jogadores, comissão técnica e dirigentes xeneizes estão cansados de suas atitudes. De acordo com o "Olé", o atacante não gostou de ter jogado poucos minutos no empate em 1 a 1 com o Nacional e se irritou com o técnico Guillermo Barros Schelotto. O comandante flagrou Osvaldo fumando no vestiário e pediu para ele apagar o cigarro. A dura resposta do jogador foi a gota d'água para o treinador reunir o elenco do Boca e revelar o seu afastamento.