quarta-feira, 27 de julho de 2016

Site da ACBF de Carlos Barbosa tem matéria que destaca João Vitor Salla Vivan, atleta de Veranópolis.


Faltam apenas sete dias para a competição mais importante do futsal juvenil e o time laranja intensifica os treinamentos nesta reta final de preparação. Como anfitriões da Taça Brasil Sub-20, os meninos da Associação Carlos Barbosa de Futsal (ACBF) querem fazer bonito para tentar trazer o primeiro título de nível nacional para as categorias de base do Clube. Na temporada atual, a equipe barbosense é treinada por Edgar Baldasso. Ao todo 21 atletas compõe o grupo que irá competir. Entre eles, três também fazem parte do grupo principal do clube: o goleiro Léo e os alas Júlio e Alexandre. Júlio acredita que pode passar um pouco da experiência dos treinos com o adulto para os demais meninos. “Acho que consigo contribuir. Eu aprendi bastante treinando e jogando com o adulto e todo esse aprendizado tento levar para os meus companheiros de Sub-20”.
Nas últimas semanas, os treinos intensificaram com trabalhos em dois turnos. O técnico Edgar Baldasso afirma que a equipe está preparada e mesmo assim aproveitará a última semana de treinos para fazer os últimos ajustes. “Agora temos uma semana para ajustar alguns detalhes. Acho que o principal já foi feito. Vamos trabalhar algumas situações de jogo que podem acontecer. A equipe está num momento bom”, avaliou. Há poucos dias da estreia da principal competição nacional da categoria, o grupo de jogadores não esconde a ansiedade. “O time está forte e unido, pois todos querem o título. Estamos com loucos para que chegue logo a estreia. Todo mundo com o pé no chão e com cabeça boa para tentar trazer esse título importante para o clube”, comentou o ala Beto
João Vitor Salla Vivan
João, fixo e capitão do time Sub-20, revelou que antes de cada partida conversa com os colegas sobre a importância de cada momento e de manter o foco durante os 40 minutos. Ainda ressalta que na Taça Brasil não será diferente. “Digo para eles que sempre temos que entrar ligados. Todos os times que jogam contra nós fazem o jogo da vida. Não tem jogo fácil. Todo mundo quer aparecer, quer ter uma chance. E todo o dia temos que provar o porquê estamos aqui. Eles sempre querem nos atropelar. Temos que entrar concentrados nestes jogos para que as coisas aconteçam”.
O capitão está no clube desde 2013, quando entrou para a equipe Sub-17. Ele era o dono da braçadeira naquela equipe que conquistou o Estadual da categoria pela primeira vez e espera repetir o feito no Sub-20, tentando conquistar o primeiro título nacional das categorias de base do clube. “É algo que queremos muito. É uma meta que tenho junto com meus companheiros. Imagino isso toda hora na minha cabeça. É o nosso objetivo”, ressaltou.
A Taça Brasil Sub-20 ocorrerá entre os dias 3 e 7 de agosto em Carlos Barbosa com a participação de oito equipes. A ACBF está no Grupo E2 com Minas, Goiás e Corinthians.

Ulisses Castro
Assessoria de Comunicação - ACBF