quarta-feira, 20 de julho de 2016

Veranópolis: Não vai mais. FGF complica, e VEC não vai disputar a Copa RS


Apesar do período de frio que estamos vivendo, mais um balde de água gelada foi colocado sobre as pretensões do Veranópolis Esporte Clube em participar da Copa RS, e do torcedor que estava começando a gostar da ideia.  Na terça feira já se notava algo de estranho na casa Pentacolor, conversas com portas fechadas e um zum zum zum de bastidores. Na noite, um recado deixava claro de que havia alguma coisa errada, até que na manhã desta quarta feira veio a notícia; o VEC não vai mais participar da Copinha. O time que estava sendo montado era de respeito, e dava a a sensação de que seria uma equipe competitiva, além de Eduardinho, Léo D'agostini e Claus, ainda estavam na mira do Pentacolor Jean Dias, Ronaldo, Matheus Santana e outros, jogadores que dariam uma importância muito interessante na participação do clube na competição. Mas, infelizmente os planos estão adiados, e o Veranópolis vai participar no segundo semestre apenas com o sub 19. Vamos aos fatos:
O Veranópolis lá no começo participaria do Sub 19, mas aguardava uma reunião que definisse a Copa RS. Colocou como confirmada a participação na competição de base, e depois de ouvir a FGF, resolveu também participar da copinha de 2016. O Pentacolor dentro do prazo, remeteu a confirmação de jogar a copinha, e pediu para não jogar a sub 19. Mas, como já avia confirmado a participação da sub19, e a tabela já estava pronta, a FGF determinou que o time deveria jogar as duas competições, ou senão, deveria optar somente pela sub 19 onde o time já estava inscrito. Segundo a direção Pentacolor, aconteceu o protesto, e o VEC pediu para poder optar em jogar somente a Copa RS, mas a FGF negou, e não permitiu que o time mudasse de campeonato. A direção destacou a falta de recursos financeiros para poder participar dos dois campeonatos. 
O que se lamenta neste fato, é a pouca importância que a federação dá ao seu segundo campeonato oficial, demonstra assim que é um campeonato de pouco interesse e sem o valor necessário para o seu crescimento. A FGF dispensa a participação de um dos principais clubes do estado, e que estava querendo entrar por completo no futebol gaúcho, e não somente no Campeonato Gaúcho que é a principal competição do estado. Neste sentido, o Veranópolis Esporte Clube, já a algum tempo, demonstra a sua preocupação em dar continuidade ao ano, mas, como em todos os clubes profissionais precisa de um campeonato atraente e definitivo. Quem sabe isso sirva de exemplo de que precisamos no estado de uma mudança mais consistente no futebol, e competições que sejam valorizadas, que chamem a atenção do torcedor, da imprensa e de futuros patrocinadores. Quem sabe seja a hora de uma mudança no futebol do RS com campeonatos de ano inteiro. O que lamentamos nesse momento é o radicalismo no futebol.