domingo, 16 de abril de 2017

Será que é no Brasil? Rodrigo Caio se acusa a juiz, que tira cartão de Jô no clássico paulista


Um lance incomum aconteceu aos 39 minutos do primeiro tempo do clássico entre São Paulo e Corinthians, no Morumbi: após o juiz ter dado um cartão amarelo ao alvinegro Jô por causa de um pisão em Renan Ribeiro, ele foi avisado pelo tricolor Rodrigo Caio, verdadeiro autor do choque involuntário no goleiro, de que a punição tinha sido injusta.
Então, Luiz Flávio de Oliveira voltou atrás na aplicação do cartão, que seria o terceiro amarelo de Jô e tiraria o atacante no jogo de volta das semifinais do Campeonato Paulista, no próximo domingo, na arena de Itaquera. O juiz chegou a agradecer a ajuda do zagueiro do São Paulo: "Obrigado, Rodrigo".
– Não fiz nada demais, fiz só o que deveria fazer – disse Rodrigo Caio, ao fim do jogo, chateado com a derrota por 2 a 0 para o Corinthians.

Fonte: Globo