quinta-feira, 5 de julho de 2018

País precisa ter mais futebol para gerar mais empregos. Confira

O site LANCE produziu uma reportagem muito interessante sobre o futebol brasileiro, que em resumo é o seguinte. Além de ter perdido 8% dos times brasileiros, desde 2008, cerca de 90% dos clubes registrados na CBF jogam em média 19 partidas por ano. Um pequeno número disputa a Copa do Brasil, e boa parte joga apenas o campeonato estadual. Ou seja, no Brasil, poucos clubes jogam muito e quase todos jogam muito pouco! E ainda, quando a disputa estadual tem seu término, a equipe técnica, atletas e treinadores acabam sendo demitidos.
Um estudo feito pela Fundação Getulio Vargas (FGV) para a Secretaria Nacional de Futebol do Ministério do Esporte, aponta que se todos os clubes que só jogam durante quatro meses por ano jogassem o ano inteiro, haveria a geração de 25 mil novos empregos e R$ 600 milhões por ano no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.
Essa decadência do futebol brasileiro ainda pode ser reversível. Porém, como em qualquer outro segmento, não se pode esperar resultados diferentes se as práticas permanecem sendo as mesmas.