quinta-feira, 14 de julho de 2011

INTER X CORINTHIANS foi um grande jogo


A muralha vermelha formada pelo Internacional à frente de Muriel resistiu até quando pôde, mas não foi desta vez que alguém conseguiu parar o líder do Campeonato Brasileiro. Em seu jogo mais difícil na competição, o Corinthians venceu com o sofrimento que a Fiel tanto gosta. Herói contra o Atlético-GO, Willian voltou a marcar e garantiu a suada vitória por 1 a 0 sobre o Colorado, nesta quinta-feira, no Pacaembu, fazendo o Timão disparar na primeira colocação. O Alvinegro nunca esteve em uma condição tão cômoda na ponta da tabela. Com 25 pontos, ele abre seis para o Flamengo, segundo colocado, agora com os mesmos nove jogos. Além disso, atinge a sexta vitória consecutiva no torneio, igualando marca obtida em 2005, ano em que levantou a taça sob o comando do objeto de desejo Carlitos Tevez. Na próxima quarta, enfrenta o Botafogo, às 19h30m, em São Januário. O Internacional encontrou um antídoto contra a grande arma do Corinthians nas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Tite, como de costume, adiantou todas as suas peças para o campo de ataque desde o início para encurralar o adversário. Até aos 16, por exemplo, o Alvinegro chegou a ter 70% de posse de bola. Mas, desta vez, a pressão não surtiu tanto efeito assim. Falcão formou duas linhas de quatro defensores e atrapalhou todo o setor de criação. Velho conhecido dos gaúchos, Alex foi quem mais sofreu com isso. Em seu primeiro jogo como titular no Pacaembu e substituindo Danilo, o meio-campista teve pouco espaço sendo acompanhado de perto por Guiñazu e Bolatti. A postura colorada fez Jorge Henrique e Liedson desaparecerem. Willian foi o mais lúcido atacante paulista.
CORINTHIANS 1 X 0 INTERNACIONAL
Julio Cesar, Weldinho (Wallace), Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Alex; Willian (Edenílson), Liedson (Emerson) e Jorge Henrique.Muriel, Nei (Gilberto), Bolívar, Juan e Kleber; Bolatti (Glaydson), Guiñazu, D’Alessandro e Oscar; Zé Roberto (Alex) e Leandro Damião.
Técnico: Tite.Técnico: Paulo Roberto Falcão.
Gols: Willian, aos 31 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Zé Roberto, Juan (Internacional)
Data: 14/07/2011. Local: Pacaembu, em São Paulo. Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG). Auxiliares:Roberto Braatz (Fifa-PR) e Guilherme Dias Camilo (MG).
Renda e público: R$ 1.197.674,50 / 33.329 pagantes
Inter X 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por participar.