quinta-feira, 2 de julho de 2015

Ex-jogador do Inter, e ex técnico do VEC Vacaria, é internado com hepatite C

O ex-jogador do Inter Vacaria, que já foi técnico do Veranópolis Esporte Clube, está internado em Novo Hamburgo desde o último domingo, dia 28. O lateral-esquerdo dos anos 70 está na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Unimed. Em 2013, Vacaria sofreu um Acidente Vascular Cerebral e foi internado em Santa Catarina. No último final de semana, foi encontrado desacordado em casa pela família e diagnosticado com hepatite C. Olavo Dorico Vieira tem 65 anos e nasceu em Urussanga, Santa Catarina. Pelo Inter, foi hexacampeão gaúcho e bicampeão brasileiro sob o comando de Dino Sani e Rubens Minelli.

Hepatite C deixa ex-jogadores de futebol em alerta

Doença com cerca de 2 milhões de infectados no Brasil, a hepatite C é conhecida pela maneira ‘sorrateira’ de evoluir por décadas dentro do corpo humano sem apresentar nenhum tipo de manifestações clínicas. O que muitos não sabem é que, deste número, muitos são ex-atletas em atividade entre as décadas de 1960 e 1990, principalmente ex-jogadores de futebol, que passaram a ser considerados um grupo de risco para o desenvolvimento da doença. Foi apenas no início da década de 1970 que se iniciaram as substituições das seringas de vidro e agulhas reutilizáveis pelas seringas e agulhas descartáveis usadas atualmente. Até então, era comum que atletas, e a população em geral, compartilhassem injeções de complexos vitamínicos, estimulantes e remédios para gripe, em aplicações feitas em farmácias por todo o País com seringas submetidas a fervuras que não eliminavam o vírus da hepatite C.