domingo, 31 de janeiro de 2016

Veranópolis: VEC estreia mal e perde para o Glória nas Castanheiras e Farroupilha.


Não foi a estreia imaginada! Aliás, ficou muito longe do prometido. O VEC foi um time sem alma, com alguns jogadores muito longe do que se esperava deles. Mas vamos ao jogo. O time de Luiz Carlos Winck não encontrou a maneira correta de atuar, surgiram muitos espaços que eram aproveitados pelo Glória com velocidade e troca de passes rápidos. O primeiro tempo foi abaixo da expectativa com um Veranópolis descompactado e com muitas dificuldades de marcação e também de criação. Foi neste tempo que os gols saíram, três do Glória e um do VEC, placar que resistiu até o final. Na estreia do Pentacolor apareceu um problema que durante os amistosos não foi observado, o setor defensivo não foi bem, e sofreu gols com lances que nos amistosos não aconteceram. Mas será que a culpa é da defesa, ou de um time que, por falta de compactação, não conseguiu tirar os espaços do adversário que frequentava por demais a defesa do VEC? A criação também não foi eficiente, e poucas jogadas apareceram que pudesse resultar em gol. 
Na segunda etapa mudanças foram realizadas por Winck, e time foi um pouco melhor, talvez porque o Glória vencendo o jogo, começou a administrá-lo, talvez porque a sacudida no vestiário tenha dado algum resultado. Mas o que se viu no segundo tempo, foi o que se viu nos amistosos, ou seja, as chances de gol desperdiçadas e conclusões muito ruins. É, o início não foi bom! Mas a pergunta que fica na cabeça de todo mundo; dá pra acertar e o time fazer um bom campeonato? 
Quarta tem VEC X Novo Hamburgo no ADF. É jogo em casa e é uma oportunidade de mostrar que o caminho escolhido é este, ou ainda dá para mudar algumas peças para o time andar como o esperado. O destaque escolhido pela 96,1FM/Ótica Visual foi Zambi do Veranópolis. 





Fotos Luana Trentin