terça-feira, 12 de abril de 2016

Brasileiro série D. O que disse o presidente do Novo Hamburgo sobre participar ou não.



O presidente do Novo Hamburgo, Daniel Meinhardt, convocou uma entrevista coletiva no final da tarde de segunda-feira, dia 11, para esclarecer assuntos relacionados à participação ou não do clube no Campeonato Brasileiro da Série D. Acompanhado do presidente do Conselho Deliberativo, Élio Spindler, Meinhardt iniciou seu discurso agradecendo a todos os envolvidos pela campanha do Noia no Gauchão deste ano: “Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a todos os membros da diretoria do Novo Hamburgo pelo Gauchão que fizemos. Acredito que dentro da nossa realizada fizemos uma grande campanha. Agradeço a todos os jogadores e membros da comissão técnica e também agradeço ao Sérgio Schonardie, Élio Spindler e Luiz Valentim. Se estamos reunidos aqui hoje é porque o Valentim nos ajudou muito e montou um elenco bom e competitivo. Por fim, quero agradecer em especial à torcida anilada, que se fez muito presente nos últimos três jogos”.
Em seguida, o presidente anilado afirmou que quer disputar a competição nacional, mas que precisa do apoio da comunidade: “Nós da diretoria e do Conselho Deliberativo queremos disputar a Série D, mas isso passa por uma resposta da comunidade. É inviável fazer um Campeonato Brasileiro da Série D, com 75 conselheiros e 375 sócios. Por isso que quem vai dizer se o Esporte Clube Novo Hamburgo irá participar da Série D será a torcida e a comunidade. Se tivermos 1500 sócios e 150 conselheiros pagando em dia é viável participar da Série D e quem sabe buscar uma vaga na Série C do Brasileiro do ano que vem”, declarou.
Daniel Meinhardt salientou que também está buscando apoio junto aos patrocinadores: “O esforço que estamos fazendo extracampo é incalculável. Patrocinadores já acenaram com o dobro do valor pago atualmente, mas é insuficiente. Se eu não tiver o respaldo da torcida e da comunidade não temos como jogar a Série D”, voltou a destacar.

Fonte: http://www.ecnh.com.br/