quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Olimpíadas: Isaquias Queiroz, mais uma medalha para o bom baiano.


Isaquias Queiroz havia entrado para a história do esporte brasileiro há apenas dois dias ao conquistar a primeira medalha do Brasil na canoagem – prata na C1 1000 – mas ele foi além. Nesta quinta (18), o baiano conquistou o bronze na C1 200 e entrou para uma lista pequena: foi o quinto brasileiro a conseguir subir ao pódio mais de uma vez na mesma Olimpíada.
O último a conseguir o feito tinha sido o nadador Cesar Cielo, nos Jogos de Pequim-2008, com o ouro dos 50 m livre e o bronze dos 100 m livre. Antes, o nadador Gustavo Borges (prata nos 200 m livres e bronze nos 100 m livre em Atlanta-1996) e os atiradores Guilherme Paraense (ouro na pistola militar de 30 m e bronze por equipes na pistola livre 50 m na Antuérpia-1920) e Afrânio da Costa (prata na pistola livre de 50 m e bronze por equipes na mesma prova de Paraense em 1920) conseguiram o feito.