quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Veranópolis: Sobrou para o VEC no julgamento do TJD. No campo Tiago Nunes tem problemas para definir o time que enfrentará o Cruzeiro.



Aconteceu na tarde da quinta feira o julgamento do TJD da Federação Gaúcha de futebol. Em pauta o julgamento dos fatos ocorridos no dia 29 de janeiro, abertura do Campeonato Gaúcho, jogo do VEC e Internacional no ADF em Veranópolis.

No julgamento, que iniciou pelo caso do goleiro Reynaldo, prevaleceu a autoridade do arbitro, e a decisão tomada por ele no momento do lance, por isso o goleiro Pentacolor foi absolvido. No caso da confusão generalizada entre as torcidas do Internacional, o VEC foi condenado a pagar multa de dez mil reais, e o Internacional pagará multa de cinquenta mil reais, nem um dos clubes perderá mando de campo. Além disso, as torcidas organizadas do Inter foram condenadas a um ano sem poder entrar em estádios de futebol.
Quanto a punição ao Veranópolis Esporte Clube, que foi considerada injusta pela direção Pentacolor e seus advogados, o clube vai recorrer da punição, afinal, para o VEC 10 mil reais é um dinheiro que fará falta, e principalmente, o time da cidade não tem culpa nem uma pelos atos de uma torcida que não é sua.

Jean Carlos e Eduardinho estão do departamento médico
No campo, o Pentacolor treinou na tarde de quinta feira no Estádio Antônio David Farina. O técnico Tiago Nunes voltou a trabalhar posicionamento, e jogadas preparadas, sendo inclusive repetitivo. Quanto a equipe a ser utilizada no confronto contra o Cruzeiro no domingo, Tiago ainda não sinalizou quais os jogadores que poderão ir a campo. Jean Carlos e Eduardinho não trabalharam, ainda estão sob os cuidados do departamento médico do clube. O goleiro Reynaldo não participou do trabalho da quinta feira, estava em Porto Alegre no julgamento no TJD, e Mateus Santana correu em volta do campo. Nesta sexta feira o Timaço do Peito voltará a trabalhar, e Tiago Nunes poderá encaminhar o time para a quarta rodada do Campeonato Gaúcho.